Kamalata Numa alerta que assassinatos de políticos pode mergulhar o país numa onda de conflitos

Luanda - Abílio Kamalata Numa,secretário-geral da UNITA, disse em Benguela, que "o país está a ser governado por crioulos que estão destruindo as últimas pontes da reconciliação nacional com o assassinato dos membros da oposição".


Fonte: VOA


Numa político que falava durante um comício, realizado fim-de-semana, no Município do Bocoio.Reagia, assim, à morte de um dirigente do seu partido, Armindo Januário Sikaleta,assassinado mês passado naquela municipalidade.

 

Segundo aquele político,o país pode mergulhar numa onda de conflitos violentos entre os "crioulos e autóctones" caso o regime não termine com os assassinatos políticos no país.


“Evitem os choques,por amor Deus”- apelou Numa, acrescentando: “Nós não vamos andar sempre de joelhos.O que nós queremos é a democracia,é um Estado de direito, é a dignificação do homem angolano na terra do seu nascimento.”

 

Numa deu ainda um prazo de três meses ao governo de Benguela para apresentar os autores da morte de Sikaleta.Aquele dirigente da UNITA prometeu realizar a marcha de protesto,caso as autoridades não esclareçam as circunstâncias do assassinato de Sikaleta no período requerido.


“Mostrem-nos os criminosos,entreguem-nos aquelas provas e julguem os criminosos,” disse o general Numa que desafiou os Serviços de Inteligência e Segurança de Estado de Angola (SISE) a mover uma acção judicial contra o seu partido, alegadamente por difamação.“Nós estaremos aqui para nos defendermos.Não vamos ter medo que nos processem ainda amanha”- comentou o general Numa.


Refira-se que a UNITA acusou a secreta angolana de estar por detrás do assassínio de Sikaleta, mas uma fonte da Segurança de Estado negou à Voz da América a quelas acusações,afirmando que a morte daquele dirigente do maior partido da oposição resultou de um crime passional ou seja de “um crime motivado por ciúmes.”






Debate este tópico nas redes sociais:

Comente via Facebook, Hotmail, Yahoo ou AOL!




Debate este tópico no Club-K:

Comente no Anónimato (sem iniciar sessão) ou via Redes Sociais (Facebook, Twitter, Google ou Disqus)!

Quem Somos

CLUB-K ANGOLA

CLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

Informamos o público sobre as notícias e informações ausentes nos canais informativos estatal.  Proporcionamos ao público uma maneira de expressar publicamente as suas opiniões sobre questões que afectam o dia-a-dia, qualidade de vida, liberdades e justiças sociais em Angola... Leia mais

Contactos

 

  • E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

  • WhatsApp: (+244) 918 512 433 Para uso no aplicativo WhatsApp apenas!

  • Angola : (+244) 943 939 404 

  • Reino Unido : (+44) 784 848 9436

  • EUA: (+1) 347 349 9101 

Newsletter

Assine a nossa Newsletter para receber novidades diárias na sua caixa de e-mail.

INSERE O SEU E-MAIL