Bastidores

Paixão Júnior sofre acidente de carro

Washington  - O demitido PCA do BPC e  Presidente do futebol  Progresso do Sambizanga, Paixão António Júnior sofreu nesta quarta-feira (5), em Luanda,  um grave acidente de viação  tendo de seguida sido assistido  na clinica meditex, na capital do país.

 
Fonte: Club-k.net
 
O acidente aconteceu ao embater contra um autocarro na Estrada de Viana, quando regressava do Bengo, onde esteve a assistir o jogo entre o Domant FC e o Progresso, referente à meia-final da Taça de Angola.


Tudo se deu quando Paixão Júnior tentava fugir uma viatura que vinha em sentido contrário e, na direção do seu carro, na tentativa de escapar da colisão embateu contra o autocarro, tendo a viatura que conduzia ficado parcialmente danificada.


De acordo com informações, o pior só não aconteceu devido a robustez da viatura em que se fazia transportar (ele estava na condução). As últimas informações indicam que o dirigente desportivo encontra-se fora de perigo e que em breve estará em condições de regressar a sua vida normal.


De recordar que Paixão António Júnior foi afastado   do cargo de PCA do banco BPC, que dirigiu durante 17 anos. O assunto do seu afastamento está a ser bastante falado em meios do regime angolano e da sociedade em geral. O Semanário “A República” traz lhe na capa da edição desta semana com o titulo “choros e lamentações em casa de Paixão Júnior”, tudo em alusão a sua saída.


Já nas redes sócias fala-se de um clima de chorus e orfandade que se instalou no seio dos directores comprometidos com o demissionário PCA. Um director bancário, Nataniel Patrício Mesquita Francisco e um outro colega são citados como tendo recorrido, na tarde desta quarta-feira, ao director dos quadros da Presidência da República, Aldemiro Vaz da Conceição para que os ajude a conservar os seus cargos, no período pós-Paixão Júnior.
 
 
 
 
 

 

 

MPLA suspeito de criar “partidecos”

Luanda - O MPLA está a ser acusado por opositores nas redes sociais de estar a promover ou a ajudar a criar partidos politicos da oposição satélites supostamente para criar confusão na mente dos eleitores menos esclarecidos.

Fonte: Club-k.net

O partido suspeito de ser satélite  ou de estar a  actuar como tal  é o suposto Partido  da Unidade Nacional da Unidade do Povo de Angola (PUNPA) cujo líder é Martinho Ngola, um general reformado do MPLA, que tem se batido pelo reenquadramento dos ex-militares sobreviventes do 27 de Maio nas FAA.

 

As suspeitas de que seja um partido satélite ao regime acentuaram -se depois de o general reformado apresentar-se com como  líder de uma formação política que estará a usar as  cores e siglas da bandeira do MPLA. Ou seja a bandeira é quase a mesma e acrescenta na parte superior uma barra de cor verde e na parte inferior outra de cor azul. O gabinete do líder  do  PUNPA é enfeitado com cartazes com o rosto  do Presidente do MPLA, José Eduardo dos Santos. 

 

A  propósito do surgimento do PUPA,  uma dirigente da JURA, Lili Chilingutila  reagiu dizendo que “O MPLA atrapalhado com a derrota das eleições de 2017, começa a criar partidecos sem fundamento. Mais uma vez criou o tal dito PUMPA”

 

Nas eleições de 2012, quatro extintas formações partidárias, nomeadamente a Nova Democracia, PAPOD, FUMA e CPO teriam se comportado  como apêndices  do partido no poder. O CPO, na altura liderado por um ex- quadro da segurança de Estado junto ao ministerio da Educação, Anastásio Finda chegou a dizer em plena campanha eleitoral que o seu programa de governo era o mesmo que o do MPLA.

 

Quando  a UNITA denunciavam praticas fraudulentas do processo eleitoral, que se registaram nas eleições de 2012,  eram estes partidos satélites que reagiam contra as posições do maior partido da oposição. os órgãos de comunicação  públicos do regime davam-lhes espaço de antena de forma privilegiada e tratamento especial.  Nos programas ou tempo de antena reservados aos partidos concorrentes as eleições, o PAPOD centrava  a sua campanha exibindo  imagens da guerra insinuando que se a UNITA ganhasse as eleições o país retomaria a  guerra civil.

 

 

 

 

Funcionária da Sonangol raptada em Luanda

Lisboa -  Uma quadrilha de marginais, raptou na noite de  segunda-feira (3), em Luanda,  uma jovem funcionaria da Sonangol,   Emanuela Falcão Silva “Nelinha” que foi feita refém durante  05 horas até ser solta.

 
Fonte: Club-k.net
 
Nora de deputado do MPLA raptada por supostos agentes da polícia 
 
De acordo com o que apurou o Club-K,  “Nelinha”  - que é nora do deputado do MPLA, Eduardo Nelumba - foi raptada nas mediações do lar do patriota, município de Belas,  quando se fazia transportar da sua viatura Toyota Yaris
 
 
Os marginais a terão confundido com uma outra jovem que de acordo com as informações que receberam estaria a   levantar a quantia de 6 milhões de kwanzas de uma instituição bancaria.  
 
 
Emanuela Silva, segundo discrição estava na hora errada e no sitio errado acabando por ser confundida e levada pela quadrilha que a libertou por voltou das 3 da manha de terça-feira. Os marginais faziam se transportar num Jeep e estavam todos armados. Três iam no carro de Emanuela Silva e outros no próprio Jeep. Supõem-se que alguns deles sejam agentes da Polícia Nacional que tem o crime como atividade extra, uma vez que  durante o trajecto do rapto os  falavam de uma suposta formatura que teriam “de manha cedo”. 
 
 
Para hoje está previsto que Emanuela Silva  que seja ouvida pelo serviço de investigação criminal afim de prestar declarações e reativar  a sua viatura e os seus pertences pessoais que se encontram com em posse das autoridades  para a necessária  peritagem.
 
 
Emanuela Falcão Silva “Nelinha” formou-se em gestão de marketing na África do Sul. Tem passagem pela Unitel e até ao momento encontra-se ao serviço da Sonasurf, uma participada da Sonangol.
 
 
De realçar que este deverá ser o segundo assalto envolvendo elementos da Policia Nacional. Em Julho passado teria também sido raptada Monica Almeida, porém para não prejudicar a sua imagem , a Policia Nacional negou que os raptores não se encontravam na sua base de dados e alegou que uma oficial citada na operação já não fazia parte do mundo dos vivos a ja alguns anos. 
 
COMUNICADO DE IMPRENSA DA PN


A Polícia Nacional tomou conhecimento que ontem, dia 03 de Outubro de 2016, por volta das 22 horas, registou-se o crime de roubo da viatura de marca Toyota, modelo Yaris, de cor vermelho, matrícula LD—93—52—DF, propriedade da Senhora Emanuela Falcão Silva, que foi abordada, de forma surpreendente, por um grupo de meliantes, enquanto conduzia o referido automóvel, nas imediações do Lar Patriota, tendo sido levada a lugar incerto.


Após diligências efectuadas pelas forças policiais, por volta das 3 horas da manhã, foi possível localizar a vítima, assim como recuperar a sua viatura, que foi encontrada em bom estado técnico.


A Polícia Nacional reforça o Conselho dirigido a todos os cidadãos, no sentido de instalarem dispositivos GPS nas suas viaturas, com o intuito de facilitar a sua localização, em caso de roubo e/ou furto.

 

General Zé Maria prende assistente de João Lourenço

Lisboa – O chefe do Serviço de Inteligência e Segurança Militar (SISM) das Forças Armadas Angolanas (FAA), general António José Maria prendeu recentemente o homem de campo do Ministro da Defesa, João Manuel Gonçalves Lourenço sob alegação de que este estava com a farda mal amanhada.

Fonte: Club-k.net
 
Comandante da UGP promete dar correctivo aos excessos de Zé Maria 
 
Tão logo soube do sucedido, o Ministro da Defesa Nacional,  convocou o general José Maria para se deslocar ao se gabinete tendo protestado sobre a sua conduta e exigido a imediata libertação do assistente  de campo tenente coronel João Paulo. 
 
 
No encontro a dois, o ministro João Manuel Gonçalves Lourenço num tom  áspero  disse diretamente ao general Zé Maria que o seu objetivo principal era atingir-lhe gerando um mal estar. 
 
 
O ministro, por sua vez, comunicou ao gabinete presidencial a cerca do comportamento do general José Maria que de seguida foi convocado pelo Chefe da Casa Militar, general Manuel Hélder Vieira Dias “Kopelipa” para chamada de atenção. 
 
 
O general António José Maria tem se notabilizado em episódios do gênero. Já, em Março de 2015, prendeu arbitrariamente um coronel  da direção das tropas  especiais das Forças Armadas Angolanas (FAA) de nome  Ricardo Ndelessi Castro por o ter supostamente interrompido quando fazia exercícios físicos pela manha. 
 
 
Os excessos e outras  práticas do general sem respaldo legal tem levado com que o Vice- Procurador Geral da República para a esfera militar, general Hélder Pitta-Gros se revela indignado. A relação entre eles tornou-se ao estilo “cão e gato”. 
 
 
Um outro general Alfredo Tchaunda, comandante da Unidade Guarda Presidencial teria numa outra ocasião advertido ao Presidente José Eduardo dos Santos que um dia tomaria medidas  ativas contra Antônio José Maria. 
 
 
Tchaunda que estaria saturado com o chefe da secreta militar,  por razões não especificas, teria dito mais ou menos assim ao Chefe de estado: “Chefe, vai me desculpar, mas se este homem (José Maria) se meter comigo, eu dou-lhe cabo”

 

BPC: Tchizé intervêm pela permanência de Paixão Junior

Lisboa – Tchizé dos Santos é citada em meios competentes como tendo  interpelado o seu pai, José Eduardo dos Santos (JES) a  favor da continuidade de Antônio Paixão Júnior como Presidente do Conselho de Administração (PCA) do Banco de Poupança e Credito (BPC).
 
Fonte: Club-k.net
 
O sucedido aconteceu na sexta-feira depois de Paixão Júnior ter recebido, pelo período da manha,  uma ligação do ministro-chefe da Casa Civil, Manuel Cruz Neto de que iria ter pessoalmente consigo. Postos juntos, Paixão foi  comunicado  de que  o PR havia  preparado  um despacho anunciando  a criação de uma comissão de restruturação do BPC e a nomeação de uma nova PCA, Cristina Florêncio Dias Van-Dúnem, em sua  substituição.
 
 
Julga-se que após ter sido comunicado a cerca da decisão do PR, o PCA do BPC terá feito contatos levando com que uma corrente próxima a  família presidencial intercede se  a seu favor. Tem ligações privilegiadas a Marta dos Santos (irmã do PR), e a Zenú e Tchizé dos Santos. 
 
 
 Por volta das 17h de sexta-feira, 30,  Tchizé dos Santos contactou o seu pai com quem abordou o tema da saída de Paixão Júnior do BPC. 
 
A interpelação de Tchizé dos Santos terá merecido acolhimento de JES. A equipa que tinha preparado o  despacho das nomeações (BPC, BCI e Ministro do Interior) para aquela noite de sexta-feira, recebeu mensagem de que deveriam  “aguardar” o anuncio das exonerações. 
 
 
Por outro lado, fontes conhecedora do “modus operandos”, de Paixão Júnior acreditam que ainda esta semana ele deverá proceder a mexidas internas no BPC, um acto que pode  ser interpretado como  medida destinada a mostrar a sua sobrevivência política da  “cancelada exoneração”.
 
 
Para além de ser um gestor da consideração dos trabalhadores, há conhecimento de que uma corrente interna do BPC geralmente  conotada a um administrador João Antônio Freire teria já vangloriado  a sua  saída do banco.
 
 
Paixão Júnior é, para além de gestor bancário, o primeiro secretario do comitê dos empresários do MPLA. A  segunda secretaria é a deputada Tchizé dos Santos.

 

Archer contrata ex-ministra Cabo-verdiana como consultora

Lisboa – Estão a ser aflorados contatos destinados a contratação de Cristina Duarte, antiga Ministra das Finanças, do Planeamento e da Administração Pública de Cabo Verde para se tornar consultora do titular das finanças de Angola, Augusto Archer Mangueira. Os contatos tiveram como ponto alta, a vinda a Luanda, esta semana, da própria para dar seguimento ao tema dos termos do seu novo contrato de trabalho.
.
 
Fonte: Club-k.net
 
Nascida em Lisboa, Cristina Duarte, de 54 anos,  estudou em Angola até os 12 anos de idade, altura em que parte para Cabo-Verde e mais tarde para Portugal onde cursou econômica na Universidade Técnica de Lisboa.
 
 
Trata-se de uma economista com bastante prestígio externo.  Ao longo da sua carreira já desempenhou cargos  como Directora Geral do Gabinete de Estudos e Planeamento do Ministério do Desenvolvimento Rural, como Consultora da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação, do Programada das Nações Unidas para o Desenvolvimento e do Banco Mundial. No sector privado trabalhou com o Citigroup/Citibank. Desde 2006 é Governadora do Banco Africano de Desenvolvimento, do Banco Mundial e do Fundo Monetário Internacional.
 
 
Em 2014 foi considerada pela Revista Financial Afrik uma das 100 pessoas mais influentes em África. Em 2015 foi candidata à presidência do Banco Africano de Desenvolvimento, tendo este lugar vindo a ser ocupado por Akinwumi Adesina, da Nigéria.

 

PR cria comissão de restruturação para o BPC e BCI

Lisboa -  O  executivo liderado pelo Presidente  José Eduardo dos Santos (JES)  preparara-se para  anunciar a criação de uma comissão de restruturação para gerir   dois importantes  bancos públicos, o Banco de Poupança e Credito (BPC) e o Banco de Comercio e Industria (BCI)  até então dirigidos  por Antônio Paixão Junior e Filomeno Ceita respectivamente. Consequentemente o Conselho de administração destas duas instituições bancarias passam na condição de exonerados.     

Fonte: Club-k.net

De acordo com informações, o BPC poderá ter como Presidente do Conselho de Administração Cristina Florêncio Dias Van-Dúnem, que já exerceu funções de Vice- Governadora do Banco Nacional de Angola.

 

Para o BCI, concorrem nomes como Ricardo Viegas de Abreu, ex- vice governador do BNA e o de Patrício Bicudo Vilar, até pouco tempo Presidente interino da Comissão do Mercado de Capitais (CMC).

 

 

CIP questiona corrupção no GRECIMA

Lisboa –  O  Centro de Integração Pública (CIP), uma ONG que de dedica  na transparência e  práticas de boa  governação está em vias de pedir a Procuradoria Geral da República (PGR) esclarecimento sobre eventuais actos de corrupção ou  violação da lei da probidade pública envolvendo o diretor do GRECIMA, Manuel Antônio Rabelais e a Westside Investiments.  
 
Fonte: Club-k.net
 
Conflitos de interesses na esfera  presidencial
 
O desafio do CIP em ver a PGR a se pronunciar sobre este  tema, é baseado  em  denúncias públicas  segundo as quais Manuel Rabelais (junto com Tchizé dos Santos e Aldemiro Vaz da Conceição) são  sócios da Westside Investiments, empresa detentora e parceira da Semba Comunicação.
 
 
A Semba Comunicação por sua vez é a empresa subcontratada pelo GRECIMA, para prestação de serviços. O GRECIMA, é um órgão da Presidência da República   orçamentado  por fundos públicos que tem Manuel Rabelais como seu diretor.
 
 
O  CIP entende que não obstante esta relação de parceria,  o diretor do GRECIMA e igualmente  secretário do Presidente da República para os Assuntos de Comunicação Institucional e Imprensa, Manuel Rabelais estará a incorrer em praticas de corrupção e/ou de  violação da lei da probidade pública que proíbe    os titulares de cargos públicos de fazerem negócios entre as instituições que dirigem com empresas onde os mesmos detém interesses privados. 
 
 
De realçar que dentro do seu trabalho social e pela transparência na governação,  o CIP tem estado a realizar nestes dias, em Luanda,  debates que tem sido partilhado nas redes sociais (youtube). Os debates  tem contado com as intervenções   de individualidades como o politólogo Diavita Jorge, o antropólogo Cláudio Fortuna, o jornalista António Festos e outros.
 
Tema relacionado:
 
 
 
 

Quem Somos

CLUB-K ANGOLA

CLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

Informamos o público sobre as notícias e informações ausentes nos canais informativos estatal.  Proporcionamos ao público uma maneira de expressar publicamente as suas opiniões sobre questões que afectam o dia-a-dia, qualidade de vida, liberdades e justiças sociais em Angola... Leia mais

Contactos

 

  • E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

  • WhatsApp: (+244) 918 512 433 Para uso no aplicativo WhatsApp apenas!

  • Reino Unido : (+44) 784 848 9436

  • Buffalo / EUA: (+1) 347 349 9101 

  • New York /USA: (+1) 315 636 5328

Newsletter

Assine a nossa Newsletter para receber novidades diárias na sua caixa de e-mail.

INSERE O SEU E-MAIL

Infográficos