A carregar...

Categoria: Música

1 1 1 1 1 Como classifica este artigo? 0.00 (0 Votos)

Luanda -  A Embaixada dos Estados Unidos da América em Angola informa ao público em geral e convida os órgãos de comunicação social para cobrirem a visita de dois cineastas norte-americanos, que se encontram em Angola para participar no Festival Internacional de Cinema de Luanda (FIC Luanda), através do programa “American Documentary Showcase”  financiado pelo Departamento de Estado.


Fonte: Embaixada americana

 
Trata-se de Jon Siskel, produtor do filme “Mais Ruidoso que uma Bomba” -Louder than a Bomb (http://www.louderthanabombfilm.com/) e de  Anayansi Prado, directora de fotografia do filme “Crianças em Terra de Ninguém”- Children in No Man's Land (http://impactofilms.com/cinml/) que têm chegada prevista em Luanda amanhã, 17 de Novembro de 2011 e partida no dia 25.
 


Durante a sua permanência em Angola, os dois cineastas participam em sessões de exibição dos filmes e consequente discussões sobre os mesmos com vários parceiros; em workshops sobre produção de curtas metragens; e no programa do FIC Luanda, incluindo no Dia dos Estados Unidos, que acontece no dia 22 de Novembro.
 


Os órgãos de comunicaçãop social estão convidados para a cobertura dos seguintes eventos em que os cineastas Jon Siskel e Anayansi Prado estarão presentes:
 

·         Dia 21 de Novembro, às 13:30
 

Ø  Exibição e discussão do filme “Mais Ruidoso que uma Bomba”
Local:  Associação 25 de Abril, numa parceria com a Educ ‘Arte
      Destinado à jovens despriveligiados e deficientes
 

·         Dia 22 de Novembro,  às 9:00
 

Ø  Realização de um Workshop a ser ministrado por Jon Siskel e Anayansi Prado, destinado à estudantes Angolanos de cinematografia sob os temas “Produção de filmes documentários/Financiamento e recursos para a produção de filmes.”
Local:  Instituto Camões, Embaixada de Portugal.

 
·         Dia 22 de Novembro, às 16:30
 

Ø  Exibição do filme “Mais Ruidoso que uma Bomba”, para marcar o Dia dos Estados Unidos, no FIC Luanda
Obs: Um representante da Embaixada e os cineastas vão proferir algumas palavras em torno do tema “A Próxima Geração” que marca o Dia.

·         Dia 23 de Novembro, às 18:00
 

Ø  Exibição e discussão do filme “Mais Ruidoso que uma Bomba”
Local: Kings Club, Vila Alice, numa parceria com a Lev’ Arte Angola
           Destinado à voluntários comunitários e jovens escritores

Add a comment

Categoria: Música

1 1 1 1 1 Como classifica este artigo? 0.00 (0 Votos)

Benguela - Por não comparecer a espectáculo marcado para o dia 12 de Novembro de 2011, no Cine Kalunga na província de Benguela, a  organização do evento  encabeçada por Ovidio K e Ulisses Álvaro ameaça levar o musico Alsemo Raph   a  tribunal por ter recebido  USD  23.000  USD  acrescido aos valores de  outras despensas.


Fonte: Club-k.net


Camilo Travasso, o  agente do cantor  que falava a Rádio Benguela á Propósito alegou que cancelou-se o Show por violação dos organizadores a  uma cláusula do contrato que previa  publicidade televisiva e aventou a hipótese de o espectáculo ser feito noutro momento.


Questionado sobre  questão ir parar ao tribunal, Camilo respondeu “Se eles quiserem não há  makas,  temos o contrato e a gravação da conversa que tive com o Ovídio , e ele reconhece alguns erros.”


De recordar que esta  é a segunda vez no ano em que  um cantor proveniente  de Luanda deixa os organizadores locais desesperados. O ultimo incidente envolveu a cantora  Yola Araújo que também recebeu os valores sem ter inicialmente honrado os compromissos.

Add a comment

Categoria: Música

1 1 1 1 1 Como classifica este artigo? 0.00 (0 Votos)

Luanda - Dontana é um compositor versátil, guitarrista, vocalista percussionista  vem de Angola. Desde a infância, ele aprendeu ritmos tradicional africano. Já na idade de dez anos, ele começou a cantar e tocar batuque num coral da igreja no  seu país de origem.


Fonte: Club-k.net


Durante anos Dontana aprendeu de tocar guitarra e vários outros instrumentos musicais.

O polivalente Dontana desenvolveu o seu próprio estilo de música, uma mistura de tradicional africano, moderno e elementos sul-americanos.  Ele canta em sua língua materna kikongo, mas também em Português e outras linguas. Suas letras e músicas contam sobre a vida cotidiana, especialmente a situação sócio-cultural na sua terra natal Angola. O seu novo CD „Anafrica“ (Children of Africa), se trata de paz, justiça, amor e fé no mundo.As gravações em CD sairão oficialmente no dia 18 de novembro 2011.


O disco foi gravado no seu próprio estúdio de produções em Stadtbergen na Alemanha Federal onde o songwriter, músico - produtor e empresário reside.

O álbum reúne 16 faixas em 58 minutos.


Confira o tracklist:


01 Kya Ku Kya  4:16
02 Mayalalele   3:22
03 Zola Nkweno  2:05
04 Dilu ye Lukazu  3:54
05 Eyi Eyi   1:55
06 Ngola yasisa  4:15
07 Longo Lwa Bela  4:39
08 Ana Ngola  4:25
09 Tuzolana  3:47
10 Mpasi za Nza  4:29
11 Mbanza Lwanda  3:20
12 Sanzi   1:38
13 Tsiama  4:16
14 Nvwazi a Tsutsu  5:00
15 Zola mu Makanda  4:40
16 Kumuna  1:13

Add a comment

Categoria: Música

1 1 1 1 1 Como classifica este artigo? 0.00 (0 Votos)

Luanda - Realizado no Cine Atlântico, em Luanda, sábado último, 22 de Outubro, o espectáculo do grupo de música kuduro Os Lambas, esteve rodeado de medidas de segurança pouco habituais neste tipo eventos. Apesar de a sala onde se realizou o show comportar pouco menos de mil pessoas, a Polícia Nacional montou um fortíssimo dispositivo de segurança, segundo constatou no local o MakaAngola.

 

Fonte: makaangola.org


Além de inúmeros agentes, sargentos e oficiais da Polícia de Ordem Pública, no local havia também em número elevado elementos da Unidade Canina, que actua com cães altamente adestrados e capazes de acabar e controlar qualquer desordem em poucos minutos. Patrulhas móveis da polícia comum e da de Intervenção Rápida rondavam as cercanias do Cine Atlântico com o intuito de inibir qualquer pretensão de desordem.


Uma semana antes, no Estádio dos Coqueiros, também na capital angolana o show designado “Dia da Amizade Angola-Brasil”, em que intervieram músicos de ambos os países, reuniu perto de 10 mil espectadores. As medidas de segurança foram absolutamente proporcionais à grandeza do espectáculo realizado a menos de meio quilómetro da residência oficial do Presidente da República, José Eduardo dos Santos.


Entendidos em segurança disseram ao nosso site que a desproporção de meios usados na apresentação d’Os Lambas tem a ver com o facto de esse grupo ser da periferia da cidade, área de origem da maior parte dos jovens que contestam com manifestações públicas o longevo mandato de 32 anos de José Eduardo dos Santos, a quem consideram complacente com a corrupção.


Desde a primeira manifestação a 7 de Março passado, entretanto abortada pelas  chamadas forças da ordem, o policiamento em Luanda tem sido mais ostensivo. Seguiram-se outros protestos públicos e houve manifestantes presos, julgados e condenados. Será provavelmente por isso que está a tornar-se comum ver-se, por exemplo, até carros da Brigada de Trânsito carregados de agentes com armas de guerra.


Assinale-se, que apesar de ter descurado investimentos em áreas fulcrais da vida do país como a Educação e a Saúde, o governo de José Eduardo dos Santos investiu seriamente em meios de repressão e vigilância para controlo e combate de contestações populares.


*Carlos Duarte

Add a comment

Categoria: Música

1 1 1 1 1 Como classifica este artigo? 0.00 (0 Votos)

Bengo - O músico e compositor Dodó Miranda anunciou hoje, sexta-feira, em Caxito, província do Bengo, o lançamento da sua mais recente obra discográfica intitulada "Já é Hora", em Dezembro próximo, em Luanda.


Fonte: Eclesia


Dodó disse que a obra vai comportar 16 temas, encontrando-se neste momento na sua fase derradeira, consubstanciada na captação de vozes e som, mistura musical e arranjos, para de seguida ser editada. O músico revelou ainda que neste CD vai interpretar canções em kimbundo, português, em géneros como o jazz, gospel e social. "É bom também variar para que os jovens amantes da boa música possam desfrutar desta diversidade, o que permitirá que a obra tenha maior aceitação no seio dos apreciadores de música nacional", frisou. Dodó Miranda disse que o disco versa assuntos relacionados com o resgate dos valores cívicos e morais, vivências do passado, emancipação da mulher e igualdade de oportunidades.

 

A concórdia, o amor ao próximo, o incentivo para que as pessoas se possam aplicar com afinco nas tarefas de reconstrução e desenvolvimento do país, respeito pela vida, pela dignidade humana, unidade e trabalho fazem também parte dos temas musicais.

 

O disco conta com as participações especiais de alguns músicos como Phather Mack, Sara e outras surpresas que preferiu não divulgar oficialmente. Relativamente ao Variante 2011, o artista considerou competitivo, porque os novos valores estão a trabalhar arduamente para arrebatarem o título. Sublinhou que a expressão artística e movimentos em palco são os aspectos que os concorrentes apostaram mais e que a maior parte deles interpretará canções nas línguas maternas, o que vem enriquecer a gala.

 

Segundo Angop o autor, cuja carreira dura há 29 anos, nasceu a 12 de Dezembro de 1973 na República do Congo (ex-Zaire), onde seus pais encontraram refúgio durante mais de três décadas. Foi admitido no Grupo Coral dos Embaixadores de Cristo da Igreja da Comunidade Menonita com apenas cinco anos de idade, tendo ingressado, aos oito anos, no leque de compassistas da colectividade cristã. Mais tarde tornou-se arranjista e director técnico. Em 1993 integrou os Bumba Brothers, grupo cujo nome mudou em 1997 para M.B Genius, com o qual gravou o disco "M.B Genius", pela editora portuguesa Valentim de Carvalho. Tem ainda publicados os discos a solo "Venha Jesus" (1997) e "Maranata - Vinda de Jesus" (2001), além de "Canções de Natal" (2006).  


Em 1995 ingressou na Academia de Música de Luanda, depois de ter frequentado vários seminários ministrados pela Igreja Menonita e por missionários americanos. O gosto pela música sacra é fruto da influência sofrida por artistas de renome mundial, ainda na década de 80, entre os quais Marvin Gay, Areta Franklin, Maralya Jackson, Golden Gate Quartet, Les Perula, Luís Amstrong e Ray Charles. Em 2006 venceu o festival da canção organizado pela LAC, interpretando o tema "Vento", de Jomo Fortunato. Tem participado em vários concursos internacionais.

Add a comment

Mais artigos...

leftCLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

O CLUB-K.net foi fundado aos 7 de Novembro de 2000, e é integrado por jovens angolanos (voluntários), com missão representativa em diversos países e reconhecido a nível internacional como uma organização não governamental.

REDES SOCIAIS

NEWSLETTER

Assine a nossa Newsletter para receber novidades na sua caixa de e-mail. "Gosta" da nossa página no Facebook para receber novidades na parede do seu perfil no Facebook.

INSERE O SEU E-MAIL