Lisboa - Era até pouco tempo o Secretário Nacional Para Organização, Mobilização e Quadros da JURA,  funções que cessaria com o fim do mandato da direção a ser rendida no  congresso desta semana. Tem 33 anos de idade, nasceu na província do Uíge, e é internamente notabilizado por ser filho do general Apollo  Yakuvela.

Fonte: Club-k.net

A sua carreira estudantil esta marcada pela passagem em diversas instituições de punho religioso (Igreja Católica). Quando esteve no Uíge, passou pelo Seminário S. Francisco de Assis (Negage), para estudar estudos sociais e religiosos tendo dado sequencia em Luanda,  no Seminário Metropolitano do Sagrado Coração de Jesus da Arquidiocese da capital do país, onde concluiu os estudos filosóficos.

Oseias Pedro Malaca Chilemba é Estudante do 4º Ano de Direito pela Universidade Católica de Angola. Porem, os seus dados biográficos indicam que tem uma formação  em Administração pela  Faculdade de Ciências Humanas desta mesma instituição pertencente aos padres.  

Como político da nova geração da UNITA, começou na Alvorada (A OPA do Galo Negro) a partir da Província do Kwanza-Sul.  A época em que  se transferiu para JURA, tornou-se seu coordenador em algumas bases no Norte do país, concretamente na província do Uíge, onde chegou a ser o Secretário Provincial da JURA para a Informação.

Quando se mudou para Luanda, no seguimento do fim do conflito armado, foi apresentado como  coordenador do núcleo  dos estudantes da JURA nas Universidades Privadas na capital do país, posição que se manteve até se tornar no líder municipal desta da sua organização no Kilamba Kiaxi.

Oseias Chilemba, faz também parte do restrito grupo de dirigentes da JURA que ascendeu a Comissão Política da UNITA. A nível do partido já exerceu funções de Director de Gabinete do antigo  Vice -Presidente do Grupo Parlamentar, general Chilungutila, e de Director Adjunto e Mestre do Cerimonial do Gabinete da Presidência da UNITA.

Caso seja eleito predispõem se a trabalhador com os outros dois candidatos ao congresso, e ao mesmo tempo reitera como razão da sua candidatura, a defesa e promoção dos ideias de Muanguai.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: