Luanda -  Luís Gomes Sambo nasceu em 1952, no Município de Lândana, província de Cabinda, Angola. Licenciou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de Angola, e obteve o Diploma de Especialização em Saúde Pública pela Ordem dos Médicos de Portugal. É também Doutorado em Gestão pela Universidade de Hull, no Reino Unido.

Fonte: Afro

Iniciou a sua carreira em 1977 como Médico Distrital no Município de Cacuaco, Província de Luanda, e foi Director dos Serviços de Saúde na província de Cabinda entre 1978 e 1980, tendo exercido funções como Director da Cooperação Internacional do Ministério da Saúde em Luanda, de 1981 a 1983.

Em 1983, foi nomeado Vice-Ministro da Saúde, cargo que ocupou durante cinco anos. Enquanto Vice-Ministro Angolano da Saúde, foi Presidente da Comissão Nacional de Saúde, Coordenador dos hospitais públicos em Luanda e Supervisor das áreas relacionadas com o Controlo das Doenças, Saúde Materno-Infantil e Recursos Humanos para a Saúde.

Luís Gomes Sambo entrou para a OMS em 1989, como Chefe da Equipa de Apoio Estratégico Interpaíses em Harare, no Zimbabwe, onde supervisionou o apoio técnico para o reforço dos sistemas de saúde nos países da África Austral. Em 1990, foi transferido para a Guiné-Bissau, onde passou a desempenhar o cargo de Representante da OMS no país. Em 1994, regressou ao Escritório Regional em Brazzaville, na qualidade de Chefe da Unidade responsável em coordenar a implementação da Estratégia “Saúde para Todos”. Em 1996, exerceu funções como Director da Divisão de Desenvolvimento de Serviços de Saúde no Escritório Regional onde, em 1998, foi nomeado Director de Gestão do Programa.

Luís Gomes Sambo, foi eleito por unanimidade pela 59.ª sessão do Comité Regional Africano da Organização Mundial da Saúde como Director Regional da OMS para África. A 126.ª sessão do Conselho Executivo da OMS renomeou-o para exercer um segundo mandato de cinco anos, que teve início a 1 de Fevereiro de 2010. O seu primeiro mandato foi de 1 de Fevereiro de 2005 a 31 de Janeiro de 2010.

ImageAlguns dos prémios e distinções atribuídos ao Dr. Sambo em reconhecimento do seu contributo e realizações na área da saúde pública incluem: Certificado - Who’s Who in Medicine and Healthcare, Seventh Edition 2009-2010, pela Marquis Who’s Who Publications Board, USA; galardoado com o título Doutor Honoris Causa pela Universidade Nova de Lisboa - Portugal, em 2012; ’Officier de l’Ordre National de la Valeur’ da República dos Camarões em 2012; ‘Commandeur de l’Ordre National du Mérite du Benin’ em 2012; Officier de l’Ordre do Burkina Faso in 2010; Doutor Honoris Causa, pela Universidade de Kinshasa, República Democrática do Congo, em 2009; o prémio Salva de Prata, atribuído pela Ordem dos Médicos de Angola, em 2008, a Medalha de Comandante da Ordem de Madagáscar, em 2007, e a Medalha de Ouro da Saúde Pública pela República do Níger, em 2006.

Luís Gomes Sambo tem várias publicações em revistas científicas internacionais e é membro da Ordem dos Médicos de Angola, Ordem dos Médicos de Portugal, da Sociedade Internacional de Ciências de Sistemas e ainda membro do Conselho Editorial Internacional da Biblioteca Mundial de Medicina da Mulher.

Fala fluentemente Português, Francês e Inglês.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: