Lisboa – Até ascender a posição que agora ocupa, João Alfredo Baruba era o Secretário Nacional da Organização e membro do Conselho Nacional do Bloco Democrático.  Foi eleito  a SG do partido, na convenção  realizada em Benguela, ditada pela decisão do seu antecessor, Filomeno Vieira Lopes que não concorreu para o que seria o seu 2° mandato. 

Fonte: Club-k.net 

Baruba que se tonou num político de carreira entrou para este campo um ano após as primeiras eleições gerais em Angola. Contava com 23 anos de idade e havia aderido ao extinto Partido Liberal Democrático (PLD).  Sua primeira responsabilidade seria a de assessor do Secretário Geral do partido até chegar ao ano de 1999, em que se torna no líder da juventude da formação então dirigida por Anália de Victoria Pereira.

É nesta condição de líder da JPLD  que o habilita a estar próximo desta franja  juvenil da sociedade  tendo participação activa em varias ações realizadas no quadro e consolidação do CNJ (Conselho Nacional da Juventude), órgão que congrega todas as organizações juvenis de vários estratos da sociedade civil e política do país.  A nível, externo, foi membro fundador da juventude liberal africana, durante ao seu mandato na liderança da  JPLD.

Cumprimento do serviço   militar 

Antes de ter aderido a política, o actual SG do BD cumpriu o serviço militar, de 1988 a 1992, na 4a brigada de Tanques em Cabinda, como especialista de Rádio de Comunicações, ostentando a patente de 1o Tenente, tendo sido desmobilizado das FAPLA na respectiva Brigada em Junho de 1992.

Entrada para a política

Logo ao serviço militar, Baruba  adere a política e torna-se num importante membro do PLD, de que foi também assessor parlamentar  da sua ex-lider Anália de Victoria Pereira.  Nesta comissões de trabalho, o que o habilitou a interagir com muitos dirigentes de outros partidos, o que lhe fez ganhar bom relacionamento a este nível, estando capacitado a articular ou estabelecer pontes com as direções de vários partidos políticos em Angola.  É por esta via que se tornou próximo aos antigos membros da extinta Frente para Democracia (FpD). Quando quadros deste extinto partido avançaram o projecto que daria pelas siglas BD, o político João Baruba aderiu ao projecto.

Quando surgiram os movimentos juvenis que realizaram manifestações em protestos as praticas poucos  democráticas  do Presidente José Eduardo dos Santos (JES), o agora SG do BD foi um dos dirigentes que se revelou sensível aos movimentos juvenis contestarios.  Dispunha de uma rede de atualizações constantes que o permitiam o seu partido estar atento, para o caso de os jovens necessitarem de alguma intervenção da sociedade civil ou mesmo do partido.

Dentro do partido descrevem-lhe como um quadro  muito dinâmico. Gosta de viajar pelo país e sentir o pulsar das populações.  Destingue-se também  como defensor acérrimo da despartidarizacao da sociedade, de uma maneira geral, e favorável as liberdades dos cidadãos.

Perfil   académico

João Baruba o sujeito da história, é formou-se em ciências politicas pelo Instituto Superior de Ciências Sociais tendo defendido no final do curso o tema “A origem dos partidos políticos em Angola”.  Há informações de que esteja também ocupado com uma formação no ramo do mestrado.

Tal como o seu antecessor, Vieira Lopes, o político João Baruba é também um activista cívico que participa constantemente em seminários e conferencias sobre democracia, descentralização e eleições autárquicas.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: