Luanda -  O Director do Jornal de Angola, Manuel José Ribeiro é referenciado em meios que acompanham a política angolana como  a figura a quem as autoridades dão como preferido para ocupar o cargo de  Ministro da Comunicação Social nas próximas mexidas ministerial a terem lugar no executivo de José Eduardo dos Santos.


Fonte: Club-k.net

Não respeita a actual Ministra

Tem passagem pela angop e esteve, no passado,  como conselheiro de imprensa nas  embaixadas de Angola na  Suíça e em Portugal, onde tem a sua família a viver.  Regressou a Angola, ao tempo do Ministro Manuel Rabelais para substituir Luis Fernando na  gestão das edições Novembro, a empresa quem tem a tutela do Jornal de Angola.


Dentre os directores dos órgãos públicos em Angola, é tido como o mais  impopular pela  classe dos jornalistas. Enquanto DG do Jornal de Angola, hostilizou quadros como Caetano Junior, Luisa Rogério e  outros apontados como próximos do anterior director.


A sua impopularidade  alastra-se no Ministério de  tutela e em razão de tal, citam-no igualmente como o gestor  da comunicação social estatal,  a quem a actual Ministra Carolina Cerqueira não exerce  poder no  mesmo. Reúne-se apenas uma vez por semana na sede do ministério na Maianga para prestação de contas.  Ribeiro recusa que o  chamem atenção pela linha editorial do Jornal de Angola que faz com que comparem ao Jornal  diário do Zimbabwe  e ao Pravda da Rússia Comunista.  


O seu lado impoluto é justificado pela fama que tem por alegadamente ser  protegido de Aldemiro Vaz da Conceição, chefe dos quadros da Presidência da Republica.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: