Luanda – O Presidente José Eduardo dos Santos  desloca-se  a província da Lunda-Norte, na próxima sexta-feira (09), para uma visita de trabalho destinada a avaliar os feitos do executivo.


Fonte: Club-k.net

Cidade do Dundo no centro das atenções

A viagem foi antecedida, no passado dia um,   com  uma  deslocação  aquela localidade, por parte do  General Manuel Vieira Dias Junior  “Kopelipa”,     que coordenou   o  grupo de avanço que se encontra no terreno.  Faz parte dos planos de preparativos de segurança, o envio de uma equipa da  Unidade de Segurança Pessoal, chefiada por um oficial de campo,  Capitão “Felix”  que terá a missão de  ultimar e fiscalizar (com sensores anti metais), os lugares   por onde o Chefe de Estado ira passar e  sentar.


O foco da deslocação de  JES está  centrado numa  visita a  centralidade da cidade do Dundo. Trata-se de uma obra   que o  PR acompanha com precisão e que conta com   cerca  de 20 mil apartamentos, a serem erguidos em quatro fases distintas, cujo projecto está a ser implementado pela empreiteira chinesa PAN China, sob fiscalização da TPF.


Antes de Novembro de 2011,  o  Chefe de Estado José Eduardo dos Santos  dedicou atenção a Lunda-Norte com aprovação  de  um  Projecto para o fornecimento e montagem de uma central térmica com capacidade de 30 MW, na Cidade do Dundo. Aprovou também o contrato  de Empreitada para Construção e Reabilitação dos Terminais de Passageiros e  das Áreas Técnicas e Administrativas do Aeroporto desta mesma  Cidade do Dundo.


Ainda em termos de obra, Lunda-Norte, segundo anuncio público do seu governador Ernesto Muangala  contará com a construção e restauro, este ano, de unidades hospitalares em toda a província.  Segundo o governante, que falava no término de visitas de avaliação a unidades sanitárias regionais, explicou que do programa consta a construção de um hospital materno-infantil e um laboratório clínico, assim como a reabilitação dos hospitais municipais do Tchitato, Lucapa e Sanatório do Sacavula.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: