Luanda - Irina França nasceu em 1984 na província de Luanda, aonde viveu ate aos nove anos de idade, e descobriu a sua paixão pela musica. Desde muito pequena sempre gostou de interpretar temas como “I will always love you” de whitney Huston”e “Show me love” de Robyn S. Temas que normalmente seriam grandes demais para qualquer menina da sua idade.


Fonte: Fã Clube Irina França


Determinada, solitária, e sonhadora, Irina sempre reservou a maior parte do seu dia para imitar vozes, sons, e tons que achava difíceis, mesmo tendo que abdicar de brincar com outras crianças para poder faze-lo.


Em 1993 foi para Portugal, onde viveu e aprendeu inglês por dois anos, antes de partir para os Estados Unidos em 1995 com a sua família em missão diplomática. Apôs chegar aos estados Unidos sempre esteve envolvida em chorais escolares aonde pode aprender mais sobre musica, e educar melhor a sua voz. E em 2002 quando cantava em uma festa do 11 de Novembro, Dia da Independência Angolana, conheceu O produtor musical, Gil Inglês que acreditou na sua voz e a incentivou a gravar um CD com o consentimento e apoio dos seus pais.

 

Desde então finalmente começou a sua carreira artística conhecendo e trabalhando no “Exposure” estúdio com outros artistas angolanos como Anselmo Ralph, e participando em temas como “Dona” da primeira obra discográfica do mesmo. Apôs O Sucesso do Disco de Anselmo, em 2007 Irina, foi convidada para fazer aparições no Cine Atlântico aonde finalmente concretizou um dos seus sonhos de cantar ao vivo para mais de mil pessoas convidada por um grande amigo e mentor Yuri da Cunha.

 

No mesmo ano foi convidada Por José Eduardo Paulino Dos Santos para participar no Divas Angola aonde cantou mais uma vez ao lado de varias Divas da musica Angolana como Yola Semedo, com quem fez um dueto, Pérola, Africanitha, e Sandra cordeiro. E assim teve a oportunidade de trabalhar com outros artistas que também considera muito queridos e que acreditaram no seu talento como Heavy C, com quem compôs o tema que interpretou no Divas Angola, e DJ Silivy um amigo, que sempre a convidava para actuar aonde tocasse. Mas tudo isso nas ferias, pois em tempo de aulas Irina voltava aos Estados Unidos e empenhava-se nos estudos como havia prometido a seus pais.


Finalmente em Março de 2010 intercalando o estúdio e os estudos, Irina conseguiu formar-se “Summa Cum Laude” com “A Mais alta distinção” da Strayer University, em Gestão internacional e comercio externo, carregando a bandeira do seu curso em pleno Geórgia Dome, Atlanta com a media mais alta do seu curso. E foi assim que pode finalmente dedicar-se somente em terminar o seu CD por completo e voltar para Angola apôs 15 anos na diáspora.
 

Neste momento a cantora dedica-se em poder internacionalizar a sua musica e poder realizar o seu sonho de criança que sempre foi cantar.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: