Luanda – No seguimento da brutalidade policial que visou abortar a manifestação juvenil  pela retirada de Suzana Inglês, neste sábado, 10, em Luanda, o jornalista Alexandre Neto conta como o músico Luaty Beirão “Brigadeiro Mata Frakus” foi atingido, com ferimentos  na cabeça, pelas forças de repressão do regime do Presidente  Eduardo dos Santos.


Fonte: Club-k.net

Regime aposta na repressão contra juventude

De acordo com a discrição do jornalista no facebook,  “O brigadeiro Mata Frakuz foi atingido na cabeça. Á retirada do Cazenga não foi pacífica. Armas de fogo foram usadas por indivíduos trajados á civil. Com sangue a escorrer, o grupo que o acompanhava resolveu avançar no  quintal adentro, assustando os residentes que julgaram que estavam a ser invadidos por assaltantes e por esta razão abandonaram a casa.


“Ante a perseguição impiedosa dos homens armados com ferros, paus e armas de fogo, o único refúgio que se afigurou foi um dos quartos, que mantinha a porta aberta. Felizmente, os donos de casa eram homens de bíblia. Acolheram-nos”


“A imagem do Brigadeiro foi captada do interior do compartimento ...Foram momentos de desespero.” Finaliza o profissional da comunicação social.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: