Numa declaração do MPLA, lida pelo seu vice-presidente, António Pitra Neto, o Bureau Político garante trabalhar para a melhoria das condições de vida do povo e o relançamento do desenvolvimento sustentado do país.

Este partido reitera a sua determinação de empenhar-se “energicamente” na execução do programa de governo que submeteu a voto popular, realizado no dia 5 de Setembro do corrente ano.

O Bureau Político reconhece a maturidade, civismo e o espírito democrático competitivo durante as campanhas eleitorais entre as forças políticas e manifesta o desejo do MPLA contar com uma oposição construtiva e responsável, na edificação da nova sociedade e do Estado democrático e de direito.

O MPLA garante que continuará, no quadro da legitimidade democrática, a respeitar o direito à diferença e a promover a liberdade de expressão e de opinião, na firme convicção de que a democracia deve ser valorizada, e a unidade dos angolanos preservada, no espírito de reconciliação e fortalecimento da pátria.

De acordo com os seus princípios e programa de governo aprovados pelo eleitorado, o Bureau Político do MPLA considera que o trabalho e a disciplina constituem a base para a dignificação do homem angolano e para o progresso da sociedade.

Segundo a declaração, a conquista e a manutenção da paz, bem como o reforço da unidade nacional constituem os alicerces seguros para que as eleições agora realizadas reafirmem a legitimidade democrática, a credibilidade, o prestígio das instituições do Estado angolano e assegurem um maior respeito por estas no plano interno e internacional.

O Bureau Político do MPLA enaltece o empenho das instituições do Estado que participaram na realização do acto eleitoral, bem como os agentes eleitorais, “que não mediram esforços para cumprir com zelo a sua missão e agradece a participação dos observadores nacionais e internacionais pela qualidade do trabalho de monitorização realizado”.

O órgão de cúpula do partido no poder enaltece o empenho das forças de segurança que asseguraram a tranquilidade pública durante as eleições, ao mesmo tempo que estende o seu reconhecimento às organizações da sociedade civil, tais como igrejas, autoridades tradicionais, antigos combatentes e sindicatos pelo apoio e dedicação a educação cívica e patriótica dos cidadãos.

O desempenho dos militantes do MPLA, enquadrados nas diferentes estruturas do partido em “prol da vitória conquistada nas urnas”, mereceu, igualmente, o reconhecimento do Bureau Político.

O Bureau Político do MPLA louvou o seu presidente, José Eduardo dos Santos, pela forma como liderou a campanha eleitoral e pelo seu empenho e participação pessoal nos mais diversos eventos promovidos, no quadro das eleições legislativas de 5 de Setembro de 2008.

Segundo uma mensagem de louvor, a presença, participação activa e abnegada de José Eduardo dos Santos, em todo o processo de preparação e organização do MPLA para as eleições legislativas, motivou a mobilização geral do povo e determinou em grande medida a vitória alcançada nas urnas.

Fonte: Angop



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: