Lisboa – No seguimento  de denuncias feitas pelo Makaangola.org  respeitante ao caso da Universidade Independente que fora  erguida num terreno público pertencente ao ministério da Educação, para servir interesses  de   Carlos Burity da Silva, Pinda Simão e Pedro Sebastião Teta,  fontes  governamentais  anteciparam  para advertir  que uma penalização ao actual  ministro da  Educação Pinda Simão, por parte do  Presidente José  Eduardo dos Santos está  fora de hipótese.


Fonte: Club-k.net

Para construção da sede  do BESA

As    fontes   garantem que nada acontecerá ao ministro da Educação, Pinda Simão e  ao o delegado provincial,  André Soma,  porque  também cederam uma escola pública para a instalação da sede do Banco Espírito Santo em Angola, na qual a filha do Presidente, Isabel dos Santos e o General “Kopelipa”  se encontram entre os accionistas, para além de outras figuras do círculo restrito do Presidente da República.


A referida escola pública   está na  rua  10 de Dezembro, junto à Procuradoria Militar, no cruzamento com a Rua 17 de Setembro, que dá ao Palácio Presidencial.


De inicio o Ministério da Educação simulou que a escola   estaria sob  reabilitação, tendo sido depois  demolida e os alunos ficado  sem a mesma. Logo a seguir os moradores  daquela área  acordaram  um certo dia, já com as obras avançadas, e com uma placa a dizer que o local era a sede do BESA.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: