Lisboa  – O embaixador de Angola em Portugal, José Marcos Barrica, destacou hoje (terça-feira), em Lisboa, as “enormes oportunidades” de investimento existentes no país, constituindo um desafio de internacionalização para o sector de construção e obras públicas português.
 

Fonte: Angop


ImagePronunciando-se no workshop "Mercado de Angola", enquadrado na 14ª edição da Feira Internacional de Construção e Obras Públicas (Tektónica – 2012), aberta hoje e que se estende até ao dia 14, o diplomata angolano insistiu que se deve tirar proveito das fortes relações comerciais e empresariais entre os dois países.
 

Segundo Marcos Barrica, é necessário que os empreendedores e os investidores dos dois países invistam porque a internacionalização dos mercados e dos negócios são cada vez mais um enorme desafio”.
 

Em recentes declarações durante as festividades dos 10 anos de paz em Angola, Marcos Barrica havia apostado para os próximos cinco a 10 anos na contínua consolidação do que existe de positivo entre Portugal e Angola, salientando que “os laços são históricos e incontornáveis.
 

Para a organização do certame, Angola representa um mercado com várias oportunidades e desenvolvimentos em infra-estruturas e é muito importante para as exportações portuguesas.
 

Além de Angola, o “workshop” debateu ainda as condições dos mercados de países como Argélia, Moçambique, Alemanha, Cabo Verde, Marrocos, Líbia, França e Brasil.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: