Lusaka - Andrew Banda, filho do antigo Presidente zambiano Rupiah Banda, foi detido pelas autoridades por supostas práticas de corrupção relativas a mais de 170 milhões de kwachas (um dólar americano equivale a cinco mil kwachas).


Fonte: Angop

 
Andrew Banda, alto-comissário (embaixador) adjunto da Zâmbia na Índia, foi preso e inculpado quinta-feira em Lusaka.
 

Segundo o porta-voz da equipa de inquérito do Governo, Namukolo Kasumpa, que confirmou a detenção, Andrew Banda foi preso por ter reclamado um pagamento de dois porcento a uma empresa de construção italiana, Fratelli Locci Limited, quando o seu pai estava no poder (2008-2011).
 

Kasumpa explicou que Andrew Banda teria recebido 171 milhões de kwachas dos dois porcento solicitados junto do director-geral da empresa, Antonello Locci.
 

Banda, que foi libertado sob caução, é representado por um advogado de renome, Sakwiba Sikota.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: