Lisboa - A SAD do Sporting poderá vir a ser participada por capitais angolanos, será essa pelo menos, a pretensão do presidente Godinho Lopes. O jornal O Jogo noticia que o dirigente está a tentar captar investimentos do país africano.


Fonte: Relvado.sapo.pt


O desportivo salienta que o alvo de Godinho Lopes é o vice-presidente de Angola, Fernando da Piedade Dias dos Santos, mais conhecido por Nandó. O governante angolano será um "sportinguista ferrenho", segundo o jornal, que atesta que estará "seduzido a investir na SAD" de Alvalade.


Abrahmovich angolano quer investir no V. Setúbal


O empresário de 60 anos foi primeiro-ministro de Angola entre 2002 e 2008, tendo depois assumido o cargo de presidente da Assembleia Nacional. Em Fevereiro de 2010 foi indigitado vice-presidente da República, por escolha do presidente José Eduardo dos Santos. A nível empresarial, é um dos acionistas do Banco Africano de Investimentos (BAI), instituição que foi alvo de investigações do senado dos Estados Unidos da América, em 2010, por suspeitas de branqueamento de capitais.


Dias dos Santos tem ainda negócios noutras áreas, designadamente uma fazenda e uma empresa de águas que é dirigida pelos filhos, movendo-se ainda nos mercados imobiliário e da construção.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: