Luanda - O Governado da Província de Luanda (GPL) deu luz verde  a comunicação que lhe foi  endereçada  quanto a marcha/manifestação que terá lugar este sábado na capital do país contra a violência.  (Reação popular ao assassinato do jovem Jorge Valeiro Cruz “Tucho”)


Fonte: Club-k.net

Na resposta que o GPL  deu aos  promotores da iniciativa, comunicou que  “o Governador de Luanda informa que a mesma reúne os requisitos exigidos  pela lei e adverte que os promotores contra a toda  e qualquer intervenção dos participantes , como o fito de que a finalidade para que se propuseram realizar e que agora aprovada, seja isenta de integrantes  adversos dos objectivos que não o de promover a convivência  sócio educativa conforme se propor o manifesto apresentado”.


De recordar  que “Tucho” foi morto no final de semana passada por um grupo de jovens em reação  a um áspero incidente que envolveu uma rapariga.  O malogrado era estudante da Universidade Lusíada  de Angola e tinha 22 anos de  idade. O seu caso abalou a sociedade angolana pela forma desumana com que o crime ocorreu.

 

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: