Luanda -  O  Presidente  do PREA- Partido Republicano de Angola, Carlos  Contreiras Gouveia anunciou esta segunda-feira através das redes sócias uma manifestação  para exigir “a saída imediata e incondicional”  de José Eduardo dos Santos e a extinção da Unidade da Guarda Presidencial-UGP.

Fonte: PREA

Segue na integra  o comunicado do líder do PREA,  que no passado dia no dia 26  Agosto declarou apoio ao MPLA e ao seu  presidente  por  considerar que “são os únicos que estão em condições patrióticas para assegurar e garantir a estabilidade e o progresso do país neste mandato”.


“AMIGOS E IRMÃOS ANGOLANOS, MILITANTES E SIMPATIZANTES DO PREA:


Basta de abusos e arrogância do regime totalitário de José Eduardo dos Santos e do MPLA!! Os angolanos estão cansados de mentiras, da ditadura, da corrupção e dos saques desmedidos das riquezas do país!


Sábado, dia 20 de outubro de 2012, às 13h, o partido republicano de Angola-PREA, liderado pelo Dr. Carlos Alberto Contreiras Gouveia, vai realizar uma manifestação de protesto, denominada a " marcha do dia da ira") no largo 1º de Maio, em Luanda.


A manifestação tem como objectivo exigir a saída imediata e incondicional do cidadão estrangeiro ditador José Eduardo dos Santos do poder que detém ilegalmente há mais de 33 anos, contra a vontade soberana dos angolanos, no abuso e na (des)governabilidade do país, por força da ambição desmedida do poder.


Angola está perante uma crise política, e a oposição parlamentar farinha do mesmo saco do MPLA, é conivente por este atentado contra a democracia e a contra a constituição da República.


Angola não é uma monarquia e jamais será propriedade privada de José Eduardo dos Santos e da elite do seu partido estado, MPLA. A manifestação visa igualmente condenar a fraude eleitoral antecipada de 31 de Agosto, condenar a corrupção institucionalizada, o terrorismo e a ditadura, os abusos contra os direitos humanos. Exigir o estatuto especial para Cabinda, a extinção da Unidade da Guarda Presidencial-UGP (exército privado de Eduardo dos Santos), e condenar a pobreza, miséria, fome e o analfabetismo que presentemente assola a vida de milhões de angolano inocentes sem tecto. os angolanos estão a ser neo colonizados e explorados pela crueldade dos seus próprios compatriotas desumanos!!


Basta de injustiças!! participe!! junta-te a nossa causa pela dignidade dos angolanos e pela mudança de regime!! Mestre Dr. Carlos Contreiras, líder da oposição angolana. contacto: 923087 888 - 916024591



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: