Washington  — O segundo maior banco da Rússia, VTB, está a negociar com o governo angolano a administração de uma venda de divida angolana  que poderá atingir dois mil milhões de dólares.


Fonte: VOA

O presidente do conselho de administração do VTB, Andrey Kostin avistou-se ontem em Luanda com o presidente angolano José Eduardo dos Santos e esse deverá ter sido sem dúvida um dos assuntos em discussão.


Numa entrevista á agência de noticias Reuters Kostin disse que essa questão está a ser discutida actualmente com o governo angolano.


Em Agosto esse banco russo tinha já administrado a venda dos primeiros títulos de tesouro angolanos a nível internacional no valor de mil milhões de dólares por um período de sete anos.


Kostyn disse à Reuters disse que “em princípio” a venda de mais dois mil milhões de dólares irá por diante mas que tudo depende do que chamou de “apetite” pelos títulos e na decisão final do governo angolano.


O banqueiro russo disse que a venda desses dois mil milhões de dólares poderá ser feita por etapas, sendo a primeira de mil milhões de dólares.


Os títulos vendidos em Agosto tinham um juro de sete por cento.


A agência de noticias angolana Angop disse que no encontro de ontem Andrey Kostin prontificou-se a ceder mais dois mil milhões de dólares ao ministério das finanças angolano nos próximos meses. Esse é o valor portanto desses títulos a que o banqueiro fez referencia na entrevista á Reuters.


A Angop disse ainda que o banco russo se disponibilizou a conceder créditos para empresas privadas nacionais.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: