O título de Melhor Futebolista Africano do ano será escolhido pelos treinadores das 53 federações nacionais filiadas à CAF.

No ano passado, o maliano Frédéric Kanoute do FC Sevilha da Espanha arrebatou o título. Flávio Amado, que se tem destacado a nível dos Palancas Negras e elevou a bandeira nacional no Mundial de 2006 na Alemanha, ao marcar o único golo da Selecção Nacional no campeonato, na partida contra o Irão, está a um passo de oferecer aos angolanos um novo motivo de orgulho. Gente não poderia deixar de felicitar e desejar sucesso ao jogador. Afinal, é o nome de Angola a crescer. Parabéns, Flávio!

Fonte: JA



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: