Lisboa – O jornalista Rui Fernando R. Vasco desconsiderou a proposta que as autoridades lhe apresentaram para ocupar o cargo de Director Nacional da Comunicação Social que o catapultava como terceira figura do ministério dirigido por José Luis de Matos (na foto).

Fonte: Club-k.net

Prefere continuar como adido de imprensa

Rui Vasco que se encontra há alguns anos ao serviço da diplomacia angolana alegou indisponibilidade por alegadamente estar a trabalhar com o embaixador Brito Sozinho que faz questão de tê-lo no Reino da Suécia onde se encontra como adido de imprensa da missão diplomática angolana naquele país.

Ambos (Brito Sozinho e Rui Vasco) trabalharam até ano passado na Guiné-Bissau como diplomatas e no seguimento de movimentações diplomáticas, o embaixador Brito Sozinho convidou-lhe para ir trabalhar consigo na Suécia.

O cargo de director nacional da Comunicação Social foi ocupado nos últimos 20 anos pelo actual ministro José Luís de Matos.  Após ter sido nomeado como sucessor de Carolino Cerqueira, o mesmo passou acumular as duas tarefas.

A nível do ministério, é o Director Nacional da Comunicação Social que tem a tarefa de acompanhar os trabalhos e movimentações dos adidos de imprensa nas embaixadas angolanas e outras ocupações de executivo.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: