Luanda –  O conhecido grupo de jovens revolucionários da sociedade civil angolana   convocou uma manifestação para   sábado dia 22 de Dezembro de 2012, em Luanda,   para exigir do governo angolano explicações sobre o desaparecimento desde Maio último de dois  activistas cívicos,  Alves Kamulingue e Isaías Kassule.


Fonte: Club-k.net

O porta-voz do grupo, o activista Mbanza Hamza, explicou que “passados 7 meses, os órgãos de soberania incluindo a Presidência, Procuradoria Geral da República, Ministério do Interior e a Polícia Nacional, não se pronunciaram sobre o caso até agora.”, por isso segundo conta “os jovens da sociedade civil estão preocupados com este silêncio e exigem explicações sobre o desaparecimento de seus amigos e companheiros de luta.”


O ativista explica  que a exigência será feita “publicamente através desta manifestação” e que “a  concentração será no Largo 1º de Maio (conhecido também por Largo da independência), um largo histórico. Os manifestantes marcharão desde este largo até ao Palácio da Justiça na Maianga,  cerca de 12 Km.”


As autoridades da figura do Governo da  província de Luanda foram já notificadas pelos jovens a cerca da actividade que levarão a cabo.


De recordar que   Alves Kamulingue e Isaías Kassule  desapareceram  quando se manifestavam sobre o enquadramento na caixa social dos ex-militares.  Naquela altura circularam informações de que teriam sido executados pela Guarda Presidencial mas até ao momento a Presidência da República não reagiu  sobre atribuição ao desaparecimento destes dois cidadãos.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: