Luanda – O secretário de estado dos Antigos  Combatentes e Veteranos de Guerra, Clemente  Cunjuko garantiu nesta segunda-feira, 14, em Luanda, que as pensões em atraso dos seus assistidos, referentes ao mês de Dezembro e décimo terceiro, começam a ser pagos a partir do mês em curso.

Fonte: Angop

Em declarações à imprensa, no distrito urbano da Ingombota, o responsável referiu que actualmente está em curso a reactivação dos pagamentos, através do Ministério das Finanças.

“Este atraso não é problema de liquidez, são apenas de procedimentos administrativos que algumas províncias não tiveram em conta, uma vez que foi estabelecido, no mês de Dezembro, um período onde as liquidações deveriam ser feitas  e não obedeceram os prazos, deste modo o sistema fechou”, explicou.

Clemente Cunjuka considerou os antigos combatentes e veteranos da pátria como a reserva moral da sociedade angolana, por tudo que fizeram pela nação e independentemente das dificuldades deve-se conservar as grandes conquistas.

Aconselhou os beneficiários a manterem a calma, porque os atrasos serão repostos o mais rápido possível. O Ministério dos Antigos Combatentes e Veteranos de Guerra tem 162 mil assistidos entre antigos combatentes, órfãs, viúvas, deficientes e familiares. Deste número 77 mil são antigos combatentes.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: