Namibe – O antigo poste internacional angolano Jean Jacques da Conceição foi escolhido para o Hall da Fama da FIBA, um evento da organização internacional da modalidade, cujo objectivo é reflectir a história do basquetebol e as suas personalidades que se realiza a 19 de Junho, na sede da FIBA em Mies, nos arredores de Genebra.
 
Fonte: Angop
 
De acordo com o site oficial da FIBA, Jean Jacques, a maior referência do basquetebol angolano, integra um grupo de 12 personalidades mundiais de 10 países (entre jogadores, treinadores e apoiantes da modalidade) que serão homenageados na edição de 2013 do FIBA Hall of Fame. Seis ex-jogadores, três treinadores, dois funcionários técnicos e colaborador completam a dúzia de distinguidos
 
O principal objectivo da FIBA Hall of Fame é refletir a história da modalidade e das suas personalidades. O principal critério para a selecção para a FIBA Hall of Fame é a realização proeminente a nível internacional e a contribuição para o desenvolvimento do basquetebol.
 
De nome completo Jean-Jacques Nzadi da Conceição, de nacionalidade angolana, nascido em 3 de Abril de 1964 em Kinshasa, com 2,02 metros, praticou basquetebol entre 1982 a 2003. Iniciou no 1º de Agosto, passando depois pelo Benfica em Portugal, Unicaja Malaga em Espanha, Limoges em França e Portugal Telecom.
 
Conquistou com a selecção nacional de Angola sete Afrobasket, designadamente em 1989, 1992, 1993, 1995, 1999, 2001 e 2003. Representou a selecção também nos campeonatos do mundo de 1986, 1990 e 1994 e nos Jogos Olímpicos de 1992.
 
Em 2011, em Antananarivo, no âmbito das comemorações do 50 º aniversário da FIBA África, Jacques foi nomeado o jogador de basquetebol mais valioso do continente.
 
Compõem o grupo de jogadores os ícones nacionais Jean-Jacques Conceição,  Angola, Andrew Gaze,  Austrália, Paula Gonçalves, Brasil, da Sérvia, Zoran Slavnic a par de David Robinson e Teresa Edwards, EUA.
 
Juntam-se a eles, os lendários treinadores Pat Summitt, dos EUA, bem como o falecido John 'Jack' Donohue, do Canadá,  e da Itália, Cesare Rubini. Estes nomes (treinadores e jogadores) em conjunto já conquistaram ao todo 14 medalhas olímpicas e oito de campeão do mundo FIBA.
 
Junta-se a eles os oficiais técnicos Valentin Lazarov, da Bulgária e Costas Rigas, da Grécia, bem como o mecenas Aldo Vitale, da Itália.
 
A cerimónia de consagração para a edição de 2013 da FIBA Hall da Fama será realizado no Naismith Arena, um espaço de exposição e de eventos no piso térreo da Casa de Basquetebol. A FIBA Hall of Fame foi inaugurada oficialmente em 1 de Março de 2007.
 
Lista de homenageados:
 
JOGADORES

Jean-Jacques da Conceição (Angola)
Teresa Edwards (EUA)
Andrew Gaze (Austrália)
Paula Gonçalves (Brasil)
David Robinson (EUA)
Zoran Slavnic (Sérvia)
 
TREINADORES

John 'Jack' Donohue (Canadá) póstumo
Cesare Rubini (Itália) póstumo
Pat Summitt (EUA)

FUNCIONÁRIOS TÉCNICOS
 
Valentin Lazarov (Bulgária)
Costas Rigas (Grécia)
 
MECENAS
Aldo Vitale (Itália)



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: