USA - Bento Ribeiro, “Cabulo” é novamente dado como estando em vias de ser substituído como embaixador de Angola em Washington.

Fonte: AM

Fatiga e alheamento

A razão formal é um problema de saúde (enfarte a seguir a um exercício), mas a determinante é a escassa atenção que presta à embaixada e a obrigações inerentes – não propriamente devido à sua saúde, mas a um absentismo ao qual se atribuem causas mais comezinhas. Os funcionários da representação queixam-se dele, agora quase em público.

Falam de aflições por que passam quando precisam do embaixador para assinar o expediente. O seu tempo é quase todo passado em casa e, ao que dizem os funcionários, raramente em estado de completa sobriedade.

Ao Departamento de Estado,Congresso, Senado e mesmo aos lobistas de Angola chegam frequentemente ecos da insólita actividade do embaixador – um veterano do MPLA, que nos postos anteriores, sobretudo em Berlim (também foi embaixador em Windhoek e Harare), já dava sinais de notória fadiga e alheamento.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: