Luanda – João Ambrósio, membro do Movimento Revolucionário, foi detido na sexta-feira, 21, do mês em curso, por possuir um “suposto” cartão criado para identificar os jovens que protestam a governação angolana.

Fonte: VOA

Tudo aconteceu quando o detido solicitou ao seu amigo para plastificar o seu cartão numa folha de A4, onde continha dados como: cartão de identificação de cidadão em protesto permanente. Motivo de adesão: por uma Angola mais justa. Ocupação: desempregado. Residência: Do Tio, província de Luanda, assim como o seu respectivo nº do Bilhete de Identidade.

Segundo Pedro Sozinho, irmão do mesmo, até agora não foram informados sobre as razões que levaram à detenção do Jovem João Ambrósio. “Questionei a polícia quando é que provavelmente ele devia sair, mas até agora não conseguiram nos dizer, nem as causas da sua detenção”, contou.

Sabe de fontes do Comando Geral da Polícia Nacional que João Ambrósio está a ser acusado de falsificação de documentos. Pedro Sozinho alega, no entanto, que a detenção do seu irmão está relacionada a sua participação nas manifestações. “Concluímos que o problema tem a ver com a questão das manifestações”, argumentou.

Tentamos o contacto com o Porta-voz do Comando Geral, Aristófenes Santos o mesmo mostrou-se indisponível para qualquer esclarecimento.

 

 

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: