Camarões – Um empresário camaronês foi surpreendido pelos funcionários do Hospital Central de Yaounde (capital política de Camarões), a ter relações sexuais com cadáver de uma jovem de 20 anos de idade. O facto ocorreu no passado dia 15 de Agosto (à noite), quando Etoundi Mballa Bernard dirigiu-se no necrotério do referido hospital sob o pretexto de verificar o corpo de sua irmã mais nova de nome Ngo bikoum Hortense que lá se encontrava.

Fonte: Banamputu/CK
Na altura, Etoundi Mballa Bernard fora acompanhado por um funcionário da morgue até a sala onde são conservados os cadáveres. Ao abrir um dos armários (na procura da suposta irmã) o “predador sexual” encontrou o corpo da sua vítima.

Em seguida, terá alegado – segundo o site banamputu – que pretendia render a última homenagem a sua suposta irmã. Daí, solicitou a retirada do funcionário da sala e ficou sozinho com o corpo.

Depois alguns minutos, suspeitando da demora, o referido funcionário do necrotério voltou a entrar na mesma sala e surpreendeu Etoundi Mballa Bernard, já sem roupas, a ter relações sexuais com o cadáver da jovem de 20 anos.

Envergonhado, o empresário corrompeu com cinquenta mil francos CFA (102 dólares norte-americanos) o funcionário do necrotério que o deixou a continuar sua tarefa mórbida. 

E como o azar não vem só, o empresário camaronês fora traído pelos gemidos que emitia a partir da sala, e que chamou atenção aos outros funcionários daquele hospital que também o encontraram encima do cadáver (a fazer o que todos sabem). Acção enfureceu os mesmos que o colocaram para rua com pontapés.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: