Madrid – A selecção nacional da Espanha campeã do mundo de hóquei só está a participar no Mundial de Angola (20 a 28 de Setembro de 2013 ), porque a organização angolana do campeonato do Mundo assumiu o pagamento das principais despesas da equipa Espanhola liderada Carlos Feriche.

Fonte: diariogol.com
A equipa espanhola teve problemas para participar no campeonato mundial devido a cortes orçamentais para a Real Federação Espanhola de Patinagem (RFEP).

"O corte foi de 38% e que não poderia pagar a viagem e estadia em Angola", disse a Gol Jornal fonte RFEP. "Angola é um país muito caro. Cada noite de hotel em Luanda custos entre 300 e 400 euros por pessoa, valor que deve multiplicar por 10 dias e as 17 pessoas na expedição. Os bilhetes também podem custar cerca de 2.000 euros", acrescenta.

CORTE DE 53% DESDE 2008

A Federação Espanhola de Patinagem, liderado por Carmelo Paniagua , estima poupar cerca de 100.000 euros, para aceitar o convite do Comitê Organizador da Copa do Mundo. O outro pago RFEP outros itens relacionados à sua participação na Copa do Mundo. Entre elas, a elaboração do CAR de Sant Cugat .

O CSD, presidida por Miguel Cardenal, anunciou um subsídio de € 523.000 para RFEP em 2013. Em 2008, a contribuição do governo para o então presidente José Luis Rodríguez Zapatero foi de 1,1 milhões de euros. Em cinco anos, a redução foi de 53%.

VOOS CHARTER DE PORTUGAL

"A Federação Espanhola de Patinagem administra quatro modalidades diferentes: rolo, hóquei inline, patinação artística e de velocidade. In-line hockey, por exemplo, a equipa espanhola não conseguiu ir para o Mundial Los Angeles. E em cada modalidade tem equipes em várias categorias ”, recordar fontes federais.

A selecção de Espanha já foi 15 vezes campeão do mundo de hóquei em patins, sendo detentora de quatro títulos consecutivos, uma vez que ganhou os campeonatos de 2005 (nos Estados Unidos), 2007 (Suíça), 2009 (Espanha) e de 2011 (Argentina). De realçar que a Espanha (que joga no grupo A) venceu a Suíça, por 9-1, na ronda inaugural.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: