Luanda - O presidente do clube do Progresso Associação do Sambizanga, Paixão Júnior, mantém os níveis de confiança na equipa principal de futebol e, por isso, disse ao Jornal dos Desportos que a equipa vai estar nos três primeiros lugares do Girabola de 2014.

Fonte: Jornal dos Desportos

“É hora do Progresso estar lá”, disse o dirigente, para acrescentar que “nós temos todas as condições criadas, tal como algumas equipas que têm lutado”.

Paixão Júnior disse que a sua equipa continua a mostrar bom futebol nos jogos do campeonato e na Taça de Angola. Para si, “a equipa, no actual campeonato está na oitava posição, um lugar menos bom para nós, mas vamos subir”.

“Vencemos o líder do Girabola, o Kabuscorp do Palanca, uma equipa que tanto respeitamos e que continua a mostrar bom futebol, mas foi o Progresso a única formação que conseguiu contrapor a onda de vitórias deste adversário”, sublinhou satisfeito o dirigente.

O número um da direcção do Progresso pretende ver a equipa ganhar os próximos três jogos, na 28ª jornada, diante do Santos FC, na 29ª contra o Petro de Luanda, e na 30ª diante do Desportivo da Huíla.

Nesta altura, disse Paixão Júnior, quanto mais cautelosa a equipa actuar, e com isto tirar proveito, mais ambiente há no balneário para triunfar.

“Sabemos que ainda faltam alguns jogos para o fecho do Girabola e, portanto, esperamos vencer como fizemos com o campeão do Girabola, o Kabuscorp.”

“Por que não os demais, se é com este objectivo que vamos entrar em campo a cada jornada no sentido de procurarmos somar mais pontos?”, questionou-se Paixão Júnior.

SOBRE O VIRTUAL CAMPEÃO
“A nossa vitória foi justa”

“A nossa vitória sobre o Kabuscorp foi justa.” É desta forma que o presidente do Progresso do Sambizanga, Paixão Júnior, considerou o jogo de sábado, em que a sua equipa quebrou o mito de invencibilidade do campeão virtual do Girabola, o Kabuscorp do Palanca, no jogo da 27ª jornada no Estádio dos Coqueiros.

Durante os 90 minutos do jogo, as duas equipas entraram em campo decididas a um único objectivo, mas o Progresso apesar da diferença pontual na tabela classificativa, soube superar o adversário. Na primeira volta, o Progresso tinha perdido por 0-2, mas a desforra saiu por 2-3, o que galvanizou Paixão Júnior, na qualidade de dirigente máximo do clube.


“Fomos justos vencedores, a nossa equipa soube entrar no reduto alheio e jogar determinada a vencer. É para dizer que a equipa não se intimidou mas, sim, procurou ajustar o sistema de jogo e no final, estava o resultado a nosso favor.  Por isso repito, foi mesmo uma vitória justa”, sublinhou.

Paixão Júnior agradeceu aos jogadores, à equipa técnica, aos adeptos e aos sócios por continuarem a acreditar no Progresso.

“A todos afectos à nossa equipa quero dizer que é bom acreditar."

Esta vitória engrandece todos os que têm contribuído para a melhoria do nosso futebol”, finalizou o dirigente do clube do Sambizanga.

Responsável Sambila espreita quinto posto

O presidente do Progresso do Sambizanga, Paixão Júnior, apontou sábado, em Luanda, a possibilidade da equipa ainda atingir os cinco primeiros lugares do Girabola deste ano.
Em declarações à imprensa, no final do jogo da 27ª jornada da prova, em que a sua formação derrotou o Kabuscorp do Palanca, por 3-2, no Estádio dos Coqueiros, o dirigente desportivo afirmou estarem relançadas as premissas para a concretização do objectivo.

“Sentimos que a equipa está determinada em lutar afincadamente e poder atingir o quinto lugar da classificação geral do Girabola2013. Foi uma vitória conseguida com mérito e postura exemplar da equipa. Por isso, vamos trabalhar acreditando na possibilidade de chegarmos aos cinco primeiros do campeonato nacional”, disse.

Com esta primeira derrota sobre o líder (64 pontos) e campeão antecipado do Girabola2013, o Progresso do Sambizanga é o oitavo classificado, com 35 pontos, quando restam três rondas para a sua conclusão.

O treinador do Progresso do Sambizanga, David Dias, realçou, por seu lado, a postura e o empenho da sua equipa na vitória sobre o Kabuscorp do Palanca, por 3-2.
Em declarações à imprensa, no final do desafio, o técnico afirmou que os seus jogadores tiveram uma postura exemplar e empenharam-se para quebrar a invencibilidade do adversário, que também dignificou o espectáculo.

O técnico salientou que foi um jogo equilibrado e a sua equipa teve postura e empenho, que possibilitou aproveitar melhor as oportunidades surgidas e conseguir a vitória.

KABUSCORP DO PALANCA
Lateral Libengué volta aos treinos

O lateral esquerdo do Kabuscorp do Palanca, Libengué, regressa hoje aos treinos, a partir das 15h00, no Estádio dos Coqueiros, depois de mais de duas semanas ausente no seio do grupo.

O lateral esquerdo palanquino estava limitado devido às queixas que apresentava na coxa esquerda, desde o jogo diante do Recreativo da Caála para a Taça de Angola, onde a sua equipa foi eliminada dos oitavos-de-final, no Estádio da Cidadela. Neste desafio, o lateral palanquino foi substituído por Breco.

O atleta titular da equipa treinada por Edouard Antranik pode ser útil no próximo jogo contra o Atlético do Namibe, para a 28ª jornada do Girabola, depois de, no passado sábado, não ter actuado diante do Progresso do Sambizanga. Libengué também esteve ausente no jogo da 26ª jornada em que o Kabuscorp venceu o 1º Maio, por 1-2

“Espero que vençamos o próximo jogo e com isto honrarmos as cores do nosso clube no Girabola, uma vez que estamos a jogar muito bem”, disse o jogador.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: