Lisboa -  Jacinto Pedro Ricardo Figueiredo, um alto funcionário da   Serviço de Inteligência e Segurança de Estado (SINSE) é a figura ao qual o novo Director-Geral , Eduardo Filomeno Leiro Octávio revela-se inclinado em propor ao Presidente José Eduardo dos Santos como Chefe-Adjunto daquela instituição.

Fonte: Club-k.net


Antigo quadro da instituição, Jacinto Pedro Ricardo Figueiredo é o actual o Director do SINSE da Informação e Análise. É formado em direito pela Universidade Agostinho Neto e há 10 anos atrás, ao tempo do consulado da antiga  DG Mariana Lisboa, foi  o Director de Gestão de Recursos Humanos do Serviço de Informações.

 

É descrito como um quadro competente e muito próximo ao recém nomeado director Eduardo Filomeno Leiro Octávio. Quando se verificou a exoneração de Sebastião José Martins, do posto de DG do SINSE, a semana passada, Jacinto Figueiredo encontrava-se com Eduardo Octávio em missão de trabalho na Rússia.

 

A eventual nomeação do mesmo por  decreto presidencial deverá ser seguida com a de outros directores nacionais de diversas aréas  da instituição. Há constatações segundo as quais muitos deste directores  revelam-se preocupados quanto ao seu futuro. Ao tempo em que Eduardo Filomeno Leiro Octávio foi  o DG adjunto era objecto de hostilização. Sempre que interinava na ausência de  Sebastião Martins alguns directores recusavam-se a participar nas reuniões por ele convocada  e optavam por enviar um quadro inferior para os representar.

 

De lembrar que o SINSE, tem dois Chefe- Adjunto sendo um para área administrativa e outro para as questões operacionais exercido pelo coronel Fernando Manuel. 

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: