Emirates – O Ministério dos Transportes, através do Instituto Nacional da Aviação Civil (Inavic) e da Companhia Aérea de Bandeira (Taag) assinou com o Grupo Emirates, no passado dia 26 de Novembro do corrente, no Dubai, um acordo para a cooperação operacional e comercial e o estabelecimento de uma parceria estratégica entre a TAAG e a Emirates.

Fonte: Club-k.net
Pela parte angolana assinou o diretor-geral do Instituto Nacional da Aviação Civil, Carlos David e o administrador da TAAG para área de manutenção, engenharia e comercial, Adriano de Carvalho, respectivamente, enquanto pela Emirates rubricou o seu vice-presidente para o Planeamento, Adnan Kazim.
 
O acordo prevê duas fases, sendo a primeira sobre oportunidades, a curto prazo, no âmbito da cooperação operacional e comercial entre a TAAG e EMIRATES, e a segunda visa o estabelecimento de uma ampla parceria estratégica entre as duas companhias aéreas.

Relativamente a primeira fase, a TAAG e a EMIRATES identificaram quatro áreas onde podem incrementar a sua cooperação, nomeadamente a formação, serviço de passageiros, serviços de carga e programa de passageiro frequente.

O Ministério dos Transportes definiu em 2008 uma visão estratégica para a TAAG – Linhas Aéreas de Angola com o propósito de posicioná-la como a companhia líder da modernização do transporte aéreo e serviços associados em Angola através de uma operação fiável e financeiramente sustentável que promova a imagem de Angola no Mundo.

A TAAG iniciou em 2008 um ambicioso programa de refundação, que resultou numa significativa melhoria da performance operacional, comercial e organizacional da Companhia que permitiu a solução dos problemas mais prementes e a captura das oportunidades mais evidentes.

A TAAG enfrenta hoje desafios de dificuldade e complexidade crescente, cuja superação requer, crescentemente, capacidades ao nível das melhores práticas mundiais e, consequentemente, o desenvolvimento de relações de parceria mais próximas e profundas.

O estabelecimento de um novo modelo de enquadramento empresarial assume, neste desiderato, um papel central na desejada sustentação da trajectória positiva da TAAG e constitui, por conseguinte, uma prioridade da Companhia e do Governo Angolano.

O Grupo Emirates é um dos líderes mundiais da indústria de transporte e turismo, operando duas subsidiárias principais: a Emirates Airline e a Dnata. A estratégia da Emirates para manter a trajectória de rápido crescimento nos últimos anos inclui a participação activa no crescimento do mercado africano e em particular do mercado angolano, reconhecendo a importância crescente de Angola como origem e destino de tráfego e o papel que o país deverá vir a desempenhar como hub da África Central.

O Ministério dos Transportes, a TAAG e a Emirates mantiveram a 12 de Junho passado contactos para a possibilidade de uma parceria estratégica para o sector aéreo, a quando da visita de uma delegação do Ministério dos Transportes ao Emirato do Dubai, chefiada pelo Dr. Augusto da Silva Tomás, e dos encontros aí havidos com a Direcção da Emirates, liderada pelo seu Presidente, Timothy Clark.

A delegação angolana que esteve no dia 26 de Novembro no Dubai foi chefiada pelo secretário de Estado para Aviação Civil, Drº Mário Domingues, em representação do Ministro dos Transportes, Augusto da Silva Tomás, e integrou altos responsáveis do Inavic, da Taag e da Enana.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: