Cabinda - DISCURSO DE BOAS VINDAS DE SUA EXCELÊNCIA GOVERNADORA DA PROVÍNCIA DE CABINDA, NO ACTO CENTRAL DO 08 DE JANEIRO, DIA NACIONAL DA CULTURA

• Sua Excelência, Dra Rosa Cruz e Silva, Ministra da Cultura

•Excelência, Dr. Frederico Cardoso, Secretário de Conselho de Ministros

• Senhores Vice-Governadores

•Directores Nacionais e Quadros Seniores do Ministério da Cultura

• Distintos Membros do Governo da Província de Cabinda

• Agentes Culturais

• Líderes Religiosos

• Autoridades Tradicionais

• Fazedores de cultura

• Caros jovens

• Minhas senhoras e meus senhores 

Permitam-me em nome do Governo da Província de Cabinda e da sua acolhedora população do Miconge ao Yema e do Massabi ao Zenze de Lucula, saudar o dia 08 de Janeiro, Dia da Cultura Nacional e agradecer a Sua Excelência, Ministra da Cultura em particular e ao Ministério que mui dignamente dirige por terem escolhido a Província de Cabinda, para albergar neste ano de 2014, o Acto Central Nacional do Dia da Cultura. Cabinda, as terras de Macongo, Mangoio e Maloango, da Floresta do Maiombe, dos Bakamas, do Mayeye, do Kintueni, dos Maringas, do Matchatcha, do Sunsa e de tantas outras manifestações culturais, deseja-vos uma boa estadia e convida a desfrutarem do mais belo que o nosso rico país apresenta, nesta parcela do Território Nacional.

Aqui, poderão testemunhar a bênção que o nosso Poderoso Criador nos ofereceu, a interacção da floresta com o mar, onde o verde cobre até onde a nossa visão alcança.

Excelências Minhas Senhoras e meus senhores

A Província de Cabinda destaca-se sobretudo pela preservação dos seus traços culturais, onde as artes são demostradas através da música, dança, pintura, escultura, etc.

Os nossos contos e fábulas, os provérbios que nos transmitem uma sabedoria ímpar a um povo que dia-a-dia vai conhecendo a história em respeito aos seus ancestrais.

Deste respeito e valorização cresce a responsabilidade do Governo da Província, para a identificação, requalificação dos locais e monumentos históricos, assim como o resgate e valorização das figuras históricas, que marcaram as diversas etapas da evolução de Angola, como país livre e independente, desde a resistência, a ocupação colonial, a abolição dos escravos, a tomada de consciência para a luta armada de libertação nacional, a proclamação da independência a 11 de Novembro de 1975, o longo e difícil processo de reconstrução nacional, a busca pela paz efectiva e aos dias de glória sabiamente dirigidos por Sua Excelência Engo José Eduardo dos Santos, Arquitecto da paz, que com o seu desempenho incomparável, o nosso país devastado pela guerra e cinzas, se desenvolve palmo a palmo, erguem-se novas cidades, vilas, aldeias, estradas, linhas férreas, estruturas aeroportuárias, e outras com a finalidade de fazer do nosso país, um bom sítio para se viver com dignidade.

Excelência, Senhora Ministra, Durante o ano que findou, isto é, em 2013, a província de Cabinda, registou no Sector da Cultura, a implementação de algumas acções dignas de realce.

Durante o ano de 2013, Cabinda conheceu o levantamento e a elaboração de projectos para a requalificação dos locais e monumentos históricos, cadastramento das figuras e a investigação dos seus dados biográficos.

Durante o ano de 2013, Cabinda conheceu igualmente obras de requalificação do local do Tratado de Simulambuco, Cemitério do Mbuco Mbuadi (vulgo Cemitério dos Nobres), do local de concentração de escravos de Chinfuca, a reparação do Museu Regional de Cabinda, na sua fase conclusiva aguardando os arranjos técnicos.
Os trabalhos de reparação do Centro Cultural de Chiloango, tiveram início durante o ano findo e a sua conclusão prevista para o 1o trimestre de 2014.

Excelência, Senhora Ministra Minhas senhoras, meus senhores

As Jornadas comemorativas do Dia da Cultura Nacional de 2014, trouxeram à Cabinda seminários e debates de temas extremamente importantes que serviram sobremaneira não só para a capacitação dos quadros do sector mas também as demais camadas sociais. Essas jornadas trouxeram igualmente o incentivo à investigação histórico-cultural com as diversas exposições, literaturas e o cinema posto à disposição da nossa população nos municípios de Cacongo, Buco-Zau e Belize. Em suma, as jornadas comemorativas do dia da cultura, trouxeram à Cabinda um verdadeiro ambiente de cultura nacional.

Por este feito, aqui fica o compromisso do Governo da Província de Cabinda, em trabalhar mais em prol da cultura nacional na implementação de mais infra-estruturas específicas para um melhor desempenho e divulgação.

Para terminar, desejamos muito sinceramente os nossos votos de boa estadia em Cabinda e finalmente agradecer ao Chefe do Executivo Angolano, Eng José Eduardo dos Santos, por ter aceite a realização das Jornadas Comemorativas do Dia da Cultura Nacional, na Província mais ao norte do nosso país, Cabinda.

Matondo, matondo kuke Tata Nzambi Mbotianu befu bonso



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: