Naquele período, no (INFO) existia apenas um angolano com formação superior, o vulgo Africano Neto, que não passava de um simples editor. Portanto, em resumo Ismael Mateus, não estava qualificado academicamente para exercer tais funções acrescidas.

É uma aberração sem estômago para se suportar as palavras do Sr. Ismael Mateus, que rumou para Portugal entre 1991/1992, com uma bolsa primariamente do MPLA aonde formou-se em jornalismo, e regressa para Angola inícios de 2000. Matematicamente estaria qualificado a exercer o jornalismo apenas depois da sua formação superior.

Ismael Mateus, e como sempre, faz uma apreciação genérica e sem analisar as causas do problema a fundo. Aí ele teria que mencionar o que não ele pode fazer (rabo preso). Culpar o MPLA pela má gestão do país, que consequentemente é o principal problema do fraco jornalismo que se faz Angola.

Os jornalistas angolanos não estam expostos a pluralidade de ideias. Os jornalistas angolanos não são permitidos fazer um cruzamento de fontes com rigor. Os jornalistas angolanos são proibidos em fazer um jornalismo investigativo e com continuidade. Os jornalistas angolanos só transcrevem aqueles dados providenciados pelos governantes e sem questionar a veracidade dos factos.

Em síntese, tal como em outras áreas os jornalistas são presos de consciência. No mundo contemporâneo os jornalistas são especializados. Um historiador relata factos históricos. Um economista, transcreve as ocorrências económicas e um Financeiro, relata actualidade financeiras, um advogado criminar, resume os factos criminais e um advogado familiar só fala de assuntos familiares. Aqui se obedece a especialidade.

E para terminar, será que todos os escritores angolanos têm formação superior em Literatura contemporânea Romena para serem galardoados como escritores de prosas. Será que todos os analistas políticos angolanos têm especialidades em política, economia e engenharia social títulos que os daria a titularidade para serem analistas? Aqui no ocidente, um analista político é coisa muito seria.

Assim sendo, Ismael Mateus esta uma vez mais a ocupar posições e com títulos que academicamente não esta qualificado, porque e referenciado como analista politico e escritor.

Haver vá e deixe de oportunismo e exibição!!!!!!!!!!

Divagações sobre jorna(lismo) - Orlando Castro

Ismael Mateus defende exercício do jornalismo só com curso superior

* Filomeno Bunga
Fonte: Club-k



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: