Luanda - Os primeiros dois contentores de cerveja Cuca em lata, produzida na fábrica da Sociedade de Bebidas de Angola na Catumbela, província de Benguela, seguirão dentro de duas semanas para São Tomé e Príncipe, afirmou sexta-feira o director fabril cessante, Stephanno Cossito.

Fonte: macauhub/AO/ST

No decurso da inauguração da segunda linha de enchimento de cerveja, Cossito adiantou que os dois contentores que partirão de Angola por volta do dia 15 de Maio corrente representam a “primeira aventura” no processo de internacionalização da marca Cuca produzida naquela fábrica.

O director fabril cessante salientou que o investimento de 33 milhões de dólares efectuado pelo grupo francês Castel nesta fábrica está a permitir o aumento da produção em cerca de 60% e igualmente a melhoria da qualidade final do produto.

“Com esta nova linha, a fábrica dispõe de capacidade instalada para produzir 77 milhões de litros de cerveja por ano e responder às necessidades actuais e futuras da região de Benguela e províncias vizinhas.

O grupo Castel entrou em Angola em 2000, tendo decidido construir uma fábrica na província de Benguela, concretamente Catumbela devido à proximidade de um rio, numa altura em que com a excepção da cerveja do Lubango (N’gola), todas as demais fábricas de bebidas estavam instaladas em Luanda, capital do país.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: