Se revelam bem alto nos últimos tempos o trampolim da raça negra no mundo, será somente um caso do destino ou um passo maior que a nossa perna?!? Muitos dizem que não, porque aproximasse o dia da verdade, e já era tempo, por isso é hora de progresso.

Depôs da época das grandes figuras africanas como Patrício Lumumba, Amílcar Cabral, Samora Machel e Agostinho Neto, a raça negra ficou praticamente vazia e sem bases para lutar, mas o povo negro é incansável e o nosso desenvolvimento sofreu uma revira volta neste ano de 2008, que é considerado o ano do progresso da raça negra neste mundo de pecado, é um vertiginoso desenvolvimento, comparável as bolsas de valores em fase de crise no seu mas baixo nível dimensional.

Armagedom, porque se cumprem as profecias sagradas, e tudo revela que estamos nos últimos dias, e no meio de muitas duvidas e varias interpretações verdadeiras e falsas, sabemos todos que existe um só Deus e um só Jesus Cristo, o mesmo que existiu na terra, e no seio de múltiplas fantasias tentamos sempre procurar definir o verdadeiro significado de armagedom, até a teologia e os teólogos, a teocracia e os teocratas, divergem-se com tal definição e o verdadeiro significado desta palavra, os vários significados do que é verdadeiramente o inferno e o paraíso, o corpo e a alma, porque na minha opinião pessoal, já é bastante inferno ter que viver neste mundo de pecados onde todos os dias acontecem coisas ruins como as catástrofes natural, “Tsunami, terramotos, tempestades e remoinhos” o Terrorismo e varias guerras inúteis e injustificáveis, já é mas do que inferno.

Arriscando a vida para realização dos sonhos, tem sido acontecimento recíproco do homem negro na história da humanidade, com inúmeras intervenções como a de Jeff Kennedy e Martin Luther king, que mesmo mortos deixaram como símbolo de sabedoria, a força das suas palavras e acções.

A força dos vencedores ficará marcado para toda a vida e neste ano de 2008, porque depois dos últimos acontecimentos históricos como a liberdade de Nelson Mandela e o seu alcance há presidência da Africa do Sul, que abriu grandes sonhos e esperanças naquele país e no mundo, revelou a força e a coragem de um negro, que teimou viver para ver mudar um regime totalmente radical e contrario da nossa raça.

Hoje Nelson Mandela, nacionalista negro com 90 anos de idade e um perfil de renome, viveu durante 27 anos controlado sob o inesquecível numero 46664, enfrentou e sobreviveu o regime racista do apartheid, e ate mesmo os planos macabros de Pieter Botha, que consistia na destruição biológica lenta da raça negra no mundo. 

Não obstante a estas situações, continuam a surgir duvidas concernentes a inteligência da raça negra, todos sabemos que os negros são tanto quanto inteligentes como os brancos, a questão diverge-se com a ignorância dos brancos, a falta de oportunidades e a pobreza que o destino preparou ao continente negro, tenho tanta certeza que muito desenvolvimento cientifico neste mundo, tem á ver com as inúmeras teses defendidas por estudantes universitários negros, que por sua vês estas teses são estudadas e aproveitadas para o desenvolvimento sócio económico e da tecnologia moderna. 

Desta mesma forma enganou-se o cientista racista americano James Watson, portador do premio Nobel da ciência em 2007 nos Estados Unidos da América, que em declarações a imprensa após ter ganho o premio “sabulava” inferiorizando, dizia que os negros são menos inteligentes que os brancos.


Hoje mas do que nunca ficou provado que, se tivermos os mesmos direitos e oportunidades podemos mostrar o contrario deste pensamento injusto, as mesmas oportunidades de estudar, trabalhar e deixarem de bloquear os nossos sonhos, tudo se tornará possível, então iremos mostrar que somos tal igual ou melhores e mais inteligentes do que qualquer outra raça neste mundo, ate parece praga, porque dias a pois as suas perversas declarações, seus próprios colegas descobriram através de um estudo genético e analises DNA, que o mesmo só é tão inteligente porque o seu antepassado é proveniente da raça negra e indiana, hoje um ano depois, revela-se sem sombras de duvidas que, o seu presidente a partir de Janeiro de 2008 será um negro de origem africana.


Muitos pensaram que aviam de apagar o grande sonho de Martin Luther King “I have one dream” e este sonho deu mais força e propagou-se nas nossas veias, onde escorre o sangue quente da inteligência, do amor, da paciência e da força, porque é verdade que o nosso progresso é demoroso, mas também sabemos que sem bloqueamento podemos desenvolver sem demoras, com as nossas próprias ideias, que chegam a ser mais frutíferas que a de qualquer gentinha.


“Yes We Can” agora podemos, Barack Obama esta de parabéns e de parabéns esta também a africa e o povo negro, enfim o mundo, pela conquista e o primeiro triunfo na era do progresso, onde quase ninguém acreditava nesta possibilidade, depois de 43 presidentes terem passado pela casa Blanca, enfim alguém de cor multicultural, para fazer a diferença como quadragésimo quarto presidente Norte Americano.


“Deus escreve direito em linhas tortas” Barack Obama, será capaz de seleccionar os problemas ora abrangentes deste mundo?!?, como as questões climáticas, o terrorismo, a crise financeira e a pobreza que neste momento são as questões primordiais, esperamos e acreditamos que sim, como acreditamos na sua vitoria, será Barack Obama capaz de desvendar o tamanho segredo da prisão Americana em Guantanamo Bay “Cuba”, sim porque é muito estranho quando dois países “inimigos” que não se cruzam, um tem prisão dentro do país do outro, quanto será que o velho barbudo recebe pelo tamanho terreno alugado aos seus próprios adversários??!!!


O triunfo fechou positivamente o ano, com duas vitórias bem claras, Barack Obama como primeiro presidente negro Norte-Americano, e dois dias depois, Lewis Hamilton igualmente como primeiro negro, e mas jovem do mundo de todas as temporadas, a sagrar-se campeão mundial de formula-1.


Lewis Hamilton, foi vítima de insultos raciais na pista em plena competição, por racistas Espanhóis no ano de 2007, e conseguiu vencer a prova, neste ano os racistas espanhóis voltaram a atacar aquele negro incansável, tentando desmoralizar psicologicamente o jovem com palavras de maldição e intimidações picantes de feitiço, onde chegaram a lançar pregos na pista de corrida nos últimos dias da sua competição para o mundial, convenceu e neste ano como prova da sua inteligência, em todas as secções de treinos, deixou-se sair em terceiro lugar para não despertar os que dizem ser inteligentes, e no ultimo dia da sua qualificação quando menos todos esperavam, Hamilton mostrou ao mundo que todo feitiço é filho de Africa, vencendo e convencendo, nos fés acreditar que os primeiros serão os últimos e os últimos serão os primeiros.      

É altura para se abrir portas a esta raça sofredora, porque o negro é visto mas não é enche gado, a minha mensagem é para que a nossa raça trabalhe com força e com toda inteligência possível para o alcance de todos os nossos objectivos, não devemos dar tréguas aos nossos objectivos lutar para melhorar deve ser o nosso lema, seguindo exemplo dos que já conseguiram e mostrando ao mundo que não somos inferiores a ninguém, e não permitirmos que o complexo de inferioridade ocupe espaço no nosso seio.

Nunca te esqueças que a nossa Africa é o berço da humanidade, “Africa parece um corpo inerte, onde cada abutre vem debicar o seu pedaço” Agostinho Neto, por isso meus irmãos, para o novo ano vamos caminhar de peito erguido e perspectivar o futuro sem medo, lembrem-se sempre que “não é proibido sonhar, o mas importante é ser capaz de realizar o sonho” presidente Eduardo dos Santos.

Feliz Natal, e Prospero ano Novo 

16.12.2008


*João José Miguel (Jota)
Fonte: Club-k.net



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: