Lunda Sul – Criado em 2013, o Núcleo de Jovens Amigos da leitura e Literatura da Lunda Sul ganha fôlego, depois de alguma apatia. Jovens preocupados com a inexistência na cidade de um espaço para debates e “oficina” de arte literária decidiram juntar-se e revitalizar o Núcleo, fazendo dele um espaço para o intercâmbio de conhecimentos que levem ao afinar da pena literária.

Fonte: Club-k.net
Depois de um encontro preliminar, a 13 de Setembro, juntando duas dezenas de jovens e adolescentes, o grupo voltou a reunir-se neste domingo, 21 de Setembro, sob a liderança de Guilson Saxingo.
 
O próximo passo, segundo Satxingo, será a eleição e tomada de posse de um corpo directivo que deverá elaborar um calendário de reuniões ordinárias e outros encontros.
 
A reunião deste domingo contou também  com a presença do escritor Soberano Canhanga, mentor do Núcleo e apadrinho do mesmo, como convidado que falou aos presentes sobre a necessidade de os jovens trocarem experiências e conhecimentos académicos e culturais e se empenharem nos estudos para que tenhamos renovação ao nível da classe intelectual.
 
Não basta estar licenciado, disse, é preciso ter conhecimentos. Nesse quesito, a leitura, o debate cortês e o ensaio da escrita são peças fundamentais para que o jovem ganhe o reconhecimento social.

No grupo, o realce vai para a presença de uma rapariga, Núria, que se sente apaixonada pela literatura, tendo ganho de presente um exemplar do livro "O Relógio do Velho Trinta", ao passo que um outro "Manongo-Nongo" foi ofertado ao colectivo.
 
“Há muito tempo procurava por um grupo onde pudéssemos falar sobre assuntos de interesse juvenil e conhecer a nossa literatura”, disse Núria, 17 anos.
 
Os jovens, alguns deles já declamadores de poesia, procuram buscar o conhecimento e o reconhecimento social pela via do estudo e do trabalho, uma acção que merece apoio institucional e de pessoas particulares para que possam desenvolver actividades e crescer cultural e intelectualmente.
 
Capas para processos, cartões para membros, apoios financeiros e materiais como blocos de notas, esferográficas, etc., serão bem-vindos.  O Núcleo usa para as suas reuniões as instalações da Escola Superior Politécnica da Lunda Sul, Universidade Lueji A Nkonde e foi formalmente apresentado às autoridades políticas e administrativas da província.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: