Em última da hora os mesmos bilhetes/convites chegaram a ser vendidos por 400USD por cada pessoa. (Quer dizer que um casal pagava 800 USD).


O local foi o habitual  “Miame Beach”, restaurante pertencente a empresária localizado na Ilha de Luanda. Para aquisição de convites vendidos, em última da hora (comprados na porta do recinto) os organizadores com realce a Isabel dos Santos adoptaram como critério de selecção a exigência de exibição da cópia de um documento de identificação.

Isabel dos Santos terá sido mal interpretada pelos pressentes porque houve quem julgasse que ela estava pedir identificação para certificar se as pessoas fossem da designada “família nobre” próxima ao poder político/económico no país.

 

As festas de passagem de ano organizada por Isabel dos Santos tornaram-se tradicional devido a sua concorrência e selecção de “bom pessoal” (designação usada para descrever a juventude próxima a elite política/económica).

 

Festa também badalada ocorreu no restaurante Caribe e Chill out também situados na ilha de Luanda cujos convites chegaram ser comercializados por 200 dólares americanos. O Chill out e o Caribe restaurantes separados por um muro. Os organizadores colocaram uma espécie de ponte que lfacilitava a circulação dos convidados de uma festa para outra.

 

A festa no cine tropical, algures próximo a Avenida Lenine foi também bastante falada pela sua fineza. Os convites custaram 150 UDS  por cada casal.

 

Fonte: Club-k.net



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: