Luanda - O Bloco Democrático vem denunciar a tentativa de rapto ontem do jovem activista Manuel Chivonde Baptista Nito Alves, enquanto o mesmo tentava sair da escola que frequenta.

Fonte: BD

Bloco Democrático denuncia tentativa de rapto

Segundo alerta dado pelo mesmo e feito eco pelos seus amigos e sociedade civil bem como pelos altos dirigentes do Bloco Democrático, Adão Ramos (Secretário Informação e Marketing) e Américo Vaz (Secretário da Juventude Bloquista), Nito Alves sentiu-se encurralado quando tentava sair da escola por elementos que se faziam transportar numa "viatura Land Cruiser de vidros fumados".

Prontamente outros activistas agiram ao alerta e foram buscar sob escola o activista, que conseguiu chegar a casa a salvo. Isto no dia de ontem.

Na madrugada de hoje, dois dos activistas que estão na organização da manifestação de hoje e de amanhã viram as suas casas cercadas, por elementos que os mesmo apontaram como estando a civil mas acompanhados por policia. Os dois activistas viram-se forçados cada um a sair de sua casa e a tomar refúgio durante a madrugada noutros locais secretos dentro de uma Igreja.

Este era o cenário para o dia de ontem e para a madrugada de hoje. Estes dois casos, que agora o Bloco Democrático denuncia, indiciam graves violações à lei e aos direitos humannos, situações graves que o povo angolano não pode ignorar.

O Bloco Democrático exige que toda esta perseguição aos jovens actvistas pare de imediato, à luz dos direitos humanos e da lei da Constituição da República de Angola.

Os jovens activistas estão a pedir que se use e divulgue a hashtag #Manif22e23Nov

O BD apela ao Povo e aos Manifestantes:

- Evitem sempre o confronto e afastem-se de agitadores, digam não à violência

- Filmem tudo e gravem tudo, fotografem tudo e divulguem amplamente, a principal batalha a vencer é a batalha da comunicação

- Levem água e repelente para insectos durante a noite; levem primeiros socorros

- Não circulem isolados e comuniquem sempre as vossas localizações a companheiros de vossa confiança (cuidado, os telefones podem estar sob escuta - combinem de forma antecipada códigos e deslocações)

- Os organizadores da manifestação deverão acautelar potencial acto de perseguição ainda antes do começo da manifestação.

- Caso estejam a ser detidos ou levados, deverão insistentemente gritar o vosso primeiro e último nome e pedir ajuda, exijam saber para que esquadra vão, registem os nomes e as identificações dos agentes que fazem detenção, gritem sempre alto e chamem a atenção das pessoas ao redor

- Manifestantes mantenham-se sempre informados de outros manifestantes para que não aconteçam raptos

- Em caso de detenção de companheiros, façam registo da esquadra, da matrícula da viatura marca e sua cor, registem nome e identificações dos agentes e, sigam de imediato com o carro que leve os detidos, não os deixem sozinhos!

- No final dos dois dias manifestações o BD pede aos manifestantes que acautelem possíveis represálias ou raptos, por isso andem em conjunto e protejam-se mutuamente mesmo depois de estarem em casa.

- Sejam continuamente solidários, não abandonem ninguém! Angolano Ajuda Angolano!


Luanda, 22 de Novembro de 2014



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: