Luanda – Vários estratos da sociedade civil angolana realizam no próximo dia 7 de Dezembro, em Luanda,  uma marcha destinada a manifestar  repúdio contra as praticas de agressão e violência que a Policia Nacional tem exercido contra cidadãos indefesos.

Fonte: Club-k.net

A marcha na qual os seus participantes são encorajados a apresentarem-se de branco, tem como ponto de partida o largo da Shoprite  até ao largo das Heroínas, nas redondezas da sede  Rádio Nacional de Angola.

De lembrar que desde os últimos dois anos, a Policia Nacional tem se envolvido em actos arruaças e outras praticas poucos dignas em violação ao direitos das pessoas consagrados na constituição angolana.

Há uma semana, uma jovem Laurinda Gouveia foi selvaticamente torturada  por um grupo de comandantes da policia na qual se destaca o responsável da corporação na Maianga, Francisco Noticias. A jovem foi submetida a uma sessão de tortura durante duas horas tendo ficado com o corpo todo marcado.  O seu crime foi o de tentar fotografar  jovem manifestantes que estavam a ser agredidos pelas forças de repressão do regime do Presidente José Eduardo dos Santos.  O acto foi veementemente condenado pela sociedade no seu todo, excepto os membros do MPLA.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

{edocs}http://club-k.net/images/pdf/gpl.pdf, 710, 600{/edocs}



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: