Luanda - A direcção do Petro de Luanda desvinculou-se do médio internacional angolano Gilberto, até então suspenso da equipa principal e que vinha trabalhando com as camadas de formação.

Fonte: Angop

A informação foi prestada hoje pelo presidente do clube, Tomás Faria, durante uma conferência de imprensa, ocorrida na sua sede, no âmbito do 35º aniversário da agremiação assinalado esta quarta-feira.

O responsável afirmou que o jogador sai a custo zero e, apesar da situação de indisciplina que originou a sua saída (para o Benfica de Luanda), o clube gostaria de o ter como funcionário, até a sua reforma, a exemplo de Flávio Amado.

O jogador de 32 anos assinou somente por uma época pelos benfiquistas da capital do país.


Futebol: Petro de Luanda descarta contratação de Lucas João

O presidente do Petro de Luanda, Tomás Faria, descartou hoje (quarta-feira) a contratação do avançado Lucas João, luso-angolano do Nacional da Madeira de Portugal.

Falando em conferência de imprensa inserida nas comemorações de mais um aniversário do clube, o responsável aflorou a tentativa, falhada, de contratação do atleta, cuja direcção “tricolor” pretendia para a época 2015.

Referiu que apesar de um pré-acordo com os petrolíferos, o jogador chegou, posteriormente, a entendimento com o seu clube (Nacional da Madeira), pelo que não foi possível a equipa angolana garantir os seus préstimos.

“Quando faltava apenas Lucas João assinar, surgiram propostas de alguns clubes, particularmente angolanos, que levaram o mesmo a vacilar”, disse.

O plantel do Petro de Luanda para a época 2015 tem 25 jogadores, nomeadamente Lamá, Mira, Ari, Vado, Abdul, Francis, Etha, Chara, Manguxi, Job, Mateus, Wilson, Carlinhos, Diógenes, Mabululu, Fihão, Duarte, Mabiná, Gerson, Paizinho, Mavambu, Tomé, Maludi e Benvindo.

A equipa defronta na primeira jornada do campeonato nacional (Girabola2015) o Sporting de Cabinda. O Petro completa hoje o seu 35º aniversário.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: