No auditório "Maria do Carmo Medina", daquela instituição universitária, Marcolino Moco obteve do júri, presidido pelo decano da Faculdade de Direito da UAN, Octávio Serra Van-Dúnem, um "bom com distinção" pela defesa da tese “Direitos Humanos e
Mecanismos de Protecção dos Direitos Humanos - As particularidades do Sistema Africano de Protecção dos Direitos Humanos”.

Nos jurados estiveram os professores doutores da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa (FDUL), José de Melo Alexandrino e Fernando Loureiro Bastos, bem como o professor doutor Sebastião Izata, da universidade Católica de Angola.

Em declarações à Angop, Marcolino Moco referiu ter cumprido mais uma "missão" da sua vida, explicando não estar na vida académica apenas para preencher a sua saída do cenário político.

"Há quem diga que estou na vida académica apenas para preencher o vazio criado pela minha saída da política activa, mas quem me conhece sabe que isso é falso, pois na minha vida, o aspecto académico foi sempre uma grande prioridade", esclareceu o Mestre em ciências jurídico-políticas.

Relembrou ser professor de profissão e a dificuldade que teve para conciliar esta tarefa, quando exercia cargos de elevada importância, entre os quais o de primeiro-ministro de Angola.

Marcolino Moco disse, por outro lado, ter as coisas bem encaminhadas para a publicação em livro, após as devidas correcções, da sua tese de mestrado no final deste ano de 2009 ou no início de 2010.

Segundo o autor, “Direitos Humanos e Mecanismos de Protecção dos Direitos Humanos - As particularidades do Sistema Africano de Protecção dos Direitos Humanos” é uma obra única, escrita em língua portuguesa e por um angolano que vai preencher uma grande lacuna nesta área.

Licenciado em direito desde 1985, pela Faculdade de Direito da Universidade Agostinho Neto (UAN), Marcolino Moco é actualmente docente da Universidade Lusíadas de Angola.

Nascido a 19 de Julho de 1953 na província do Huambo, Marcolino Moco foi governador do Bié e Huambo, ministro da Juventude e Desportos, secretário-geral do MPLA, primeiro-ministro de Angola e secretário executivo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

Fonte: Angop



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: