O Núncio apostólico, Dom Ângelo Becciu acredita que a visita do Sumo Pontífice venha a desbloquear a situação.
Dom Ângelo Becciu interpretou os sinais do Governo angolano à Rádio Renascença.

Dom Ângelo Becciu afirma que existem sinais concretos e espera que as autoridades angolanas consigam autorizar a emissora católica de Angola a emitir para todo país.

As emissões da Rádio Ecclésia estão limitadas à cidade de Luanda e arredores. O representante do Vaticano espera que a visita do Papa Bento XVI seja mais um factor de paz e de reconciliação nacional.

Fonte: Apostolado



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: