Lisboa - Os Serviços de Inteligência Externa Alemão (Bundes Nachrichten Dienst-BND) terão impedido que a Casa Militar da Presidência angolana enviasse o numero de efectivos operacionais desejados para acompanhar o Presidente José Eduardo dos Santos que no próximo dia 26 desloca-se a Berlim para cumprir com a sua primeira visita de Estado aquele países.

O BND  Assumiu cobertura da  segurança “total” do Chefe de Estado angolano em seu território, num programa entendido como imposição. Permite apenas, a ida de os oficiais que viajam com JES.  A medida provocou/motivou  alteração, de ultima da hora, na figuração dos operativos destinados a viajar para  Berlim. 

Estava previsto que um dos directores dos Serviços de Inteligência Externa (SIE), Xavier Esteves “Xavita”, fosse a Alemanha para orientar o grupo. Em ultima da hora, foi substituído por um outro operacional. De  momento há quatro elementos no terreno que estão a ser  orientados por Sebastião Lopes, o “chefe de posto”, em Berlim. São aguardados Sábado (21 Fev), o grupo que chega  na compania do Embaixador Bento Ribeiro "Kabulu". 

 X. Xavita tem a particularidade do domínio do dossiê  Alemão tornando-se  hoje num dos quadros do SIE que melhor conhece a Alemanha. Foi também ele que, em Dezembro,  chefiou  o grupo de avanço despachado para China, uma semana antes do PR ter viajado para Pequim.

Fonte: Club-k.net



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: