Luanda – Os músicos Fernando Santos "Aiaia" (Angola) e Patrick Saint Loi (Guadalupe) serão homenageados neste domingo, 4 de Outubro, pela Casa do Zouk, localizada na zona verde da comuna do Benfica, em Luanda.

Fonte: Club-k.net
De acordo com fonte ligada a organização, a cerimónia de homenagem aos dois músicos, cujo o início está marcado para as 14 horas, contará com a presença de familiares, amigos e antigos colegas de profissão de Fernando Santos "Aiaia", bem como vários seguidores de Patrick Saint Loi.

Fernando Santos "Aiaia" faleceu em Luanda, no dia 5 de Janeiro de 2011, vítima de doença, quando tinha 49 anos de idade. No domingo próximo, 4 de Outubro, será feita a primeira homenagem pública ao músico após a sua morte.

Natural de Benguela, Fernando José Faria dos Santos “Aiaia” teve na sua trajectória artística de mais de 20 anos de carreira dez álbuns, entre os quais “Dá-lhe com jingunzu”, “Esperança”, “Sempre”, “Perfumes”, “Irresistível”, “Afoga-me”, “Aiaia 10 anos” e “Grandes sucessos”.

Muito conhecido em Portugal, Cabo-Verde, Guiné-Bissau e Moçambique pelo sucesso das suas músicas, o músico residiu cerca de 30 anos em Portugal, mas em 2010 regressou definitivamente ao país.

Fernando Santos, autor de vários sucessos como “Beija Amor”, “Pretinha”, “Foi Levada”, “Quero Te Sentir”, “Rosa”, “Africana”, “Manazezinha” e “Dizem que Sou”.

Fernando Santos “Aiaia”, que era casado e pai de três filhos, tinha como preferência nos seus trabalhos artistas e intérpretes angolanos, nomeadamente Nelo Paím, Maya Cool, Betinho Feijó e Ruca Fançony.

Para além da música, era profissional de rádio no Seixal, arredores de Lisboa, onde animava um programa virado para a comunidade africana. Chegou ainda a colaborar na rádio Luanda Antena Comercial (LAC).

Por seu turno, Patrick Saint Loi, nasceu em Guadaluep, no dia 20 de Outubro de 1958 e faleceu aos 18 de Setembro de 2010, vítima de doença. Foi um dos maiores expoentes do zouk, tendo integrando o grupo Kassav por vários anos onde foi levado pelo baixista George Decimus.

Patrick Saint-Éloi, é autor de várias músicas de sucesso no mundo do zouk, tais como "Flashe", "Mamam Creole", "Zouké", "Filé Zetwal", entre outras.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: