Bruxelas - O músico e activista irlandês Bob Geldof levou hoje Durão Barroso a beber uma caneca de cerveja num pub de Bruxelas e brincou com a possibilidade de o embriagar para acelerar a ajuda ao Terceiro Mundo.

Geldof e o presidente da Comissão Europeia iniciaram o seu encontro na sede da Comissão com uma conversa sobre as consequências da crise económica mundial nos países menos desenvolvidos.

"As coisas estão muito mal para esses países, estão à margem", lamentou Bob Geldof, com Durão Barroso a contrapor que "é importante que, nesta fase da crise, os mais pobres dos pobres não sejam esquecidos".

"Tenciono recordar as nossas obrigações na cimeira de dirigentes da União Europeia e um dos objectivos da reunião do G-20 será assumir compromissos a favor dos países em desenvolvimento", acrescentou o presidente do Executivo comunitário.

Os dois seguiram depois para um pub irlandês onde hoje se assinala o Dia Nacional da Irlanda (Saint Patrick's Day).

"Estou a tentar embriagá-lo para que as coisas avancem mais rapidamente", brincou Geldof, erguendo a sua caneca de Guiness junto a Durão Barroso.

Questionado sobre a situação na Irlanda, onde vai ser realizado um novo referendo ao Tratado de Lisboa, Bob Geldof afirmou-se optimista.

"Tem de se discutir esse assunto seriamente e tendo em conta a situação actual. Não pretendo influenciar a maneira como as pessoas vão votar, mas quando atravessamos tempos difíceis, péssimos para alguns, é preciso discutir esse documento", considerou.

Fonte: OJE/Lusa


 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: