Luanda - "1. Ficou provada a incapacidade do Tribunal convocar, por notificação personalizada e devidamente recebida, os integrantes do dito "Governo de Salvação Nacional". Logo, a falha foi dessa instância, mesmo que ela esteja agora a fazer passar a ideia de que os "declarantes convocados" se tenham recusado a comparecer.

Fonte: Facebook

2. A decisão agora anunciada de o fazer por via de edital público tem que ser também ponderada, pois vai expor ao ridículo toda a verdadeira palhaçada em que a justiça está envolvida, uma ve que vai dar a conhecer ao público os nomes dos ditos "governantes", fazendo-lhes publicidade gratuita.

 

3. Muitas dessas personalidades são figuras bastante conhecidas e até mesmo respeitadas, quer interna, quer internacionalmente. E algumas até mesmo avessas a métodos "golpistas" de reversão do poder politico. Vai ser, pois, mais um revez para a justiça e o regime que a instituiu.

 

4. O número dos presumíveis e potenciais "declarantes" é tão elevado que fará ocupar o Tribunal durante muito tempo, concitando as atenções da pública nacional e internacional.

 

5. Sendo assim tanta gente a ser ouvida, que o Tribunal tenha pelo menos respeito pelos convocados, marcando dias concretos e inequívocos para a audição de cada um, pois que se trata de gente séria e honesta, gente que trabalha para sobreviver e que, por esse facto, não pode estar sujeita a "convocatórias de brincadeira", em que se vai ao Tribunal dias sucessivos, com longas esperas, sem que se seja ouvido.

 

6. o Tribunal tem que perceber claramente que ser declarante não siginifica ser tratrado como se fosse preso.

 

7. Caso o meu nome esteja incluído nessa lista a ser divulgada por edital público, que me seja indicado o dia e a hora em que serei ouvido, porque tenho que trabalhar e não estou disponível para participar em brincadeiras de mau gosto.

 

8. Se assim não for, não contem comigo e que usem os meios coercivos com que ameaçam recorrer, pois eu não tenho medo dessas ameaças.

 

9. Já vi outros impérios a cair e muitos heróis de impérios defuntos a tornarem-se simples e cobardes peões.

 

10. Já é tempo que se acabar com o jogo dos polícias e ladrões!

 

11. A minha eventual convocação deverá resultar do facto de estar a figurar nesse "Governo" fantasma como Vice-Presidente. Sendo assim, julgo ser justo que também se convoque o "Presidente do Governo", Sua Excelência José Jolino Kalupeteka."

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: