Lisboa - A visita do presidente angolano em terras Lusas não deixou de abrir um precedente incógnito em todos os ângulos existentes.

Enquanto o actual governo Português no poder defende com dentes e unhas a existência da democracia e respeito dos direitos humanos em Angola o Bloco da Esquerda de Portugal, chumba linearmente a tese do seu governo.

O Santo padre, reforçou a posição dos esquerdistas portugueses nos seus discursos afirmando repetitivamente e perante os governantes do MPLA: Melhor distribuição dos recursos e mais diálogo entre as diferentes correntes de pensamento.

Face as palavras do Santo padre, resta-nos reflectir: Que interesse têm membros do actual governo Português em Angola? Por que razão o Bloco da esquerda não recebeu o presidente Angolano José Eduardo dos Santos? Por último e não menos importante, será que o Papa esta encoberto de razão ou tem interesses em Angola?

As respostas estam inseridas no vídeo em anexo produzido pela esquerda.net e que repassamos na íntegra:

{youtube}lytYcwVE4wY&feature{/youtube}

Fonte: Club-k/Esquerda.net



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: