Associação dos Estudantes Angolanos na Roménia (AEAR) Bucureste-Roménia

Ao Excelentissimo Senhor Ministro do Ensino Superior Dr Adão do Nascimento

Assunto: Situação dos Estudantes Bolseiros angolanos na Roménia 

Vossa Excelência queira aceitar os cumprimentos calorosos de todos estudantes angolanos na Roménia. Nos, os estudantes bolseiros de contracto, viemos por meio desta, agradecer primeiramente a vossa Excelência e ao Instituto Nacional de Gestão de Bolsas de Estudo pelo apoio prestado para garantir a nossa hospedagem e estudos na Roménia.

Pedimos as nossas sinceras desculpas pela informalidade nas palavras, e pelos termos fortes inseridos no texto que mais abaixo se segue. Como e do conhecimento da vossa Excelência acerca da falta de pagamento das bolsas de estudo já a 8 meses, a falta de pagamento das faculdades e o subsídios de alojamento, viemos mui respeitosamente juntamente com o apoio da associação dos estudantes Angolanos na Roménia informar que os estudantes encontram-se defraudados com tal situação devido ao facto lamentável e da triste situação que estamos cá a passar.


Mais uma vez vai nos desculpar pela sinceridade na escrita,mas não temos outras palavras ou adjectivos para classificar o que cá estamos a passar.

Deixamos de viver literalmente, para sobreviver, somos estudantes e pelo que estamos a passar até parece que fomos esquecidos e abandonados, porque a cada que passa maior numero de estudantes deixam tudo para atrás e preferem voltar ao pais de origem, muitos estão sendo deportados cá na Roménia, uns estão nas ruas ou em abrigos de outros colegas sem que a administração note sua presença, meninas e meninos a procurarem meios ilícitos para terem o que comer e quitar parte das suas dividas... Vai parecer brincadeira mais e mesmo verdade!

Infelizmente e a situação que cá estamos a passar. Temos estudantes, que perderam o ano lectivo nas faculdades por falta de pagamento das mesmas, e quando não estudas, significa que já não és estudante e passas a viver ilegal no país.

Obs: Não queremos com isso dar a entender que criou-se um acto de manifestação política ou que estamos insatisfeitos com o trabalho que o governo tem feito para a formação dos estudantes. É uma honra para nos e orgulho para o país termos cá formandos e formados com quadros de méritos. Contudo gostaria apenas de frisar que esta é uma carta dirigida aos órgãos competentes com o desespero e desabafo dos estudantes universitários na Roménia que clamam pelos seus direitos no que concerne no pagamento das bolsas de estudos, subsídios de alojamento e o pagamento das faculdades, porque já lá se vão 8 meses sem receber.

Pedimos encarecidamente que se resolvesse tal situação o quanto antes possível. Agradecemos antecipadamente a vossa Excelência pela atenção acordada.

 

Bucureste – Roménia, 19 de Maio 2016



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: