Luanda - O autor do livro "Angola Amordaçada" explica que a obra é sobre a perseguição de um Estado autoritário que mantém o povo numa situação inaceitável.


Fonte: SIC

Domingos da Cruz, jornalista que esteve preso juntamente com ativistas como Luaty Beirão, considera que a prisão resultou numa tomada de consciência tanto da comunidade internacional como do próprio país para um regime autoritário. O jornalista diz ainda que não tem medo de represálias.


Confira o vídeo em anexo para mais detalhes:

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: