Lisboa - Neste mundo global, quase que nos vamos conhecendo a cada segundo, em função das causas que defendemos, nós que temos por princípio a universalidade da ética e da moral, assentes em valores igualmente universais, como a verdade, a justiça, a liberdade, os direitos humanos, a solidariedade e tudo quanto seja positivo para a salvaguarda e o bem-estar do ser humano e do planeta terra.

"Conheci" José Gama aquando dos acontecimentos de 1 e 2 de Março passado na Guiné-Bissau. Contactou-me desde a África do Sul, interessado em saber o que se tinha passado na Guiné-Bissau. Falamos ao telefone por diversas vezes nos dias seguintes. Temos mantido correspondência regular, proporcionando assim, partilha de pontos de vista e de informações diversas sobre os nossos países.

O José Gama é um dos Embaixadores do Club-K e, pela sua postura de homem digno e comprometido com os valores universais que caracterizam o bem, é um homem incómodo para o regime angolano, que, apesar das iniciativas dissimuladas de pretender demonstrar ao mundo, ter interesse na defesa dos direitos, liberdades e garantias dos cidadãos, continua a atropelar os princípios fundamentais dos direitos humanos.

Zé, meu bom amigo, estamos contigo. Como bem sabes, o nosso compromisso para com o bem é eterno!
Vamos continuar a trabalhar!

*activista Guineense
Fonte: Didinho.org



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: