Luanda - O kudurista Nagrelha está a ser acusado de ter burlado alguns promotores de evento em Benguela. O artista seria a principal figura da festa “Benguela Kuia”, e nem apareceu depois de ter recebido os Kz 200 mil dos Kz 400 mil do contrato.

Fonte: RA
Segundo o portal Pérolas das Acácias, em vez de cantar na actividade de Benguela, o músico actuou na província do Kwanza Sul, sem dar satisfações aos organizadores.

 

Os Mixeiros, nome dos promotores, tomaram conhecimento da falha por intermédio de alguns amigos. Os organizadores foram forçados a contratar o grupo O Trio, autor da música “Pé no ar”, para substituir Nagrelha.

 

Ainda de acordo com a publicação, os promotores exigem que Nagrelha devolva os 50 por cento do valor que recebeu em Luanda.

 

Contactado pelo Rede Angola, Nagrelha negou a existência de um contrato com os promotores de evento da província de Benguela.

 

“Não os conheço. Se estiverem com o mesmo grupo me contactem para eles falarem na minha presença que os burlei”, reagiu o kudurista.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: